PublicidadeNEC

Herói dos 90 minutos, Schumacher passa por "montanha-russa" no OFEC

Atacante experiente vai do inferno ao céu em Vila Oficinas

Por: Felipe Gustavo em 31/07/2017 10:05:49 atualizado em 01/11/2018 11:56:19

Herói dos 90 minutos, Schumacher passa por
Schumacher comemora com Washington o gol alvinegro no Germano Krüger - Foto: Bianca Machado/OFEC
Ele saiu do banco de reservas na segunda etapa da partida decisiva contra o Espírito Santo para colocar o Operário Ferroviário mais perto de um feito histórico. O atacante Schumacher superou as críticas, marcou o primeiro gol com a camisa alvinegra e ainda cobrou uma das penalidades na disputa que classificou o Fantasma para as quartas de final da Série D.

Schumacher foi chamado pelo técnico Gerson Gusmão pouco antes da metade final da etapa complementar. Ao colocar ele em campo, o treinador alvinegro ouviu críticas de parte da torcida. E foi justamente a entrada do centroavante na vaga de Athos que mudou a história.

Ao longo da última semana, Gersinho treinou diferentes formações e insistentemente preparou jogadas com Schumacher em campo. A preparação deu resultado e o atacante tão criticado durante a Série D ganhou minutos de idolatria.

Com 30 anos, o jogador de 1,92m se diz acostumado com essa situação. "As coisas mudam rápido e talvez tenha demorado um pouco, mas apareceu a minha chance. Agora tá todo mundo gritando o meu nome, dizendo "Schumacher é seleção". Mas sei também que, se eu não fizer gol daqui um ou dois jogos, vão vir críticas de novo. Isso é normal no futebol".

O próximo compromisso do Fantasma é contra o Maranhão, pelas quartas de final da competição nacional. A primeira partida será em São Luís (MA), no Estádio Castelão. A volta está programada para o Germano Krüger, em Ponta Grossa. Quem passar estará na Série C do Brasileiro.
https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/4869/Heroi-dos-90-minutos-Schumacher-passa-por-montanha-russa-no-Operario" data-text="Herói dos 90 minutos, Schumacher passa por "montanha-russa" no OFEC">
PublicidadeNEC