PublicidadeNEC

Fantasma passa por cima do Globo e coloca "nove dedos" na taça

Operário não toma conhecimento do adversário mesmo fora de casa

Por: Felipe Gustavo em 03/09/2017 22:16:21 atualizado em 05/11/2018 15:55:36

Fantasma passa por cima do Globo e coloca
Fantasma não se intimidou mesmo longe de casa - Foto: Marcelo Montenegro

Nem o mais otimista torcedor do Operário Ferroviário esperaria ver o que ocorreu neste domingo (3) na primeira partida da decisão da Série D do Campeonato Brasileiro. Jogando no Estádio Manoel Barretto, no Rio Grande do Norte, o Fantasma atropelou o Globo (RN) pelo placar de 5 a 0 e encaminhou uma conquista inédita.


Com o resultado, o time comandado por Gerson Gusmão pode perder por até quatro gols de diferença dentro de casa para levantar a sua primeira taça nacional. Já o Globo precisa anotar cinco de vantagem para ter a chance de reverter a situação.


Primeiro tempo


O Operário ‘amassou’ o adversário nos primeiros 45 minutos de jogo. No início, o Globo até pressionou e se aproveitou das dificuldades do Fantasma em sair do campo de defesa, principalmente por conta do forte vento contrário no Estádio Manoel Barretto.


Mais acostumado ao clima da partida, o time comandado por Gerson Gusmão mudou completamente o cenário a partir dos 22 minutos, quando Robinho cobrou falta na área, a bola pingou no gramado e desviou no meia do Globo, Tiago Lima, morrendo no fundo do gol.


Atrás no placar, a equipe potiguar até foi para o ataque. Erick perdeu uma boa chance de cabeça, jogando por cima da meta de Simão. Mas no lance seguinte, Jean Carlo saiu de cara para o gol, Dasaev defendeu e no rebote Robinho foi derrubado. Pênalti para o Alvinegro. Lucas Batatinha bateu forte à meia altura e anotou o segundo aos 27 minutos.


Aos 35, Simão salvou o Operário em duas oportunidades. A primeira na cobrança de falta do lateral Renatinho Carioca. A segunda na sequência, quando Reinaldo bateu forte, o goleiro deu rebote e Gláucio perdeu de frente para a meta.  


Segundo tempo


O Globo foi incisivo por dois minutos na etapa complementar da decisão. Depois, só deu Operário. Exposta, a equipe potiguar ficou vulnerável aos contra-ataques do Fantasma. Robinho e Lucas Batatinha passaram perto. Mas Quirino não. Aos sete minutos, ele recebeu de Batatinha e só teve o trabalho de empurrar para o gol.


Mesmo com a boa vantagem, os alvinegros não pararam de pressionar. Aos 17 minutos, foi a vez de Jean Carlo balançar as redes. Lucas Batatinha ganhou da marcação e rolou para o camisa 11 deixar o dele.


Ainda sobrou tempo para Chicão avançar com liberdade nos minutos finais e bater cruzado. Dione, que entrou no segundo tempo, se jogou na bola e fechou o placar em 5 a 0 para os visitantes.


A volta


Operário e Globo decidem quem fica com a taça da Série D no próximo domingo (10). Desta vez, o embate será no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, a partir das 19h.


FICHA TÉCNICA


Globo: Dasaev; Ângelo, Jamerson (Geovane), Gravatá e Renatinho Carioca; Erick, Reinaldo, João Victor (André) e Tiago Lima; Gláucio e Dênis (Eduardo). Técnico: Luizinho Lopes


Operário: Simão; Danilo Baia, Alisson, Sosa e Peixoto; Chicão, Serginho Paulista (Willian Daltro) e Robinho (Dione); Jean Carlo, Quirino e Lucas Batatinha (Daisson). Técnico: Gerson Gusmão


Data/Horário: 03/09/2017 (domingo), às 17h

Local: Estádio Manoel Barreto, em Ceará-Mirim (RN)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Michael Correia (RJ)

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/5022/Fantasma-passa-por-cima-do-Globo-e-coloca-nove-dedos-na-taca" data-text="Fantasma passa por cima do Globo e coloca "nove dedos" na taça">
PublicidadeNEC