PublicidadeNEC

Vacinado, Operário não quer "novo Perovic" para a temporada 2018

Gerson Gusmão prioriza versatilidade em contratações

Por: Felipe Gustavo em 05/10/2017 09:26:53 atualizado em 11/11/2018 06:57:49

Vacinado, Operário não quer
Gersinho quer multifuncionais no elenco do próximo ano - Foto: Arquivo NEC
Precavido por experiências passadas, o Operário Ferroviário pretende seguir um padrão nas contratações para a próxima temporada, quando disputará a Série C do Brasileiro e a Divisão de Acesso do Paranaense. A meta é manter boa parte do grupo campeão da Série D e não se precipitar na contratação de reforços.

"Queremos montar um grupo bom, forte e com jogadores valorizados. Sem medalhões, loucuras ou salários astronômicos. Vamos manter o maior número de atletas possíveis para valorizar esses jogadores e termos um ano ainda melhor”, frisou o técnico Gerson Gusmão, em entrevista ao Net Esporte Clube.


Dessa maneira, a intenção é manter o elenco em harmonia para buscar dois acessos em 2018. Já dentro de campo a prioridade do comandante alvinegro é contar com jogadores multifuncionais, que possam exercer diferentes funções ao longo das partidas.


“Vamos buscar jogadores num nível próximo ou maior do que já temos por aqui. A versatilidade é importante, pois traz um leque de opções. Aqui já temos atletas de muita movimentação. O Jean Carlo, por exemplo, é um atacante que pode jogar de meia ou até de segundo volante. Cheguei a testar até como lateral esquerdo. Precisamos de atletas que sejam assim versáteis, pois durante a partida podemos mudar o padrão tático sem mexer nas peças”, complementa Gersinho.


O treinador também citou o sentimento de precisar atuar na dispensa dos jogadores. Na última semana, 11 nomes deixaram o clube. Os atletas que não permanecem são o goleiro Ravel, os laterais Lisa e Acácio; os zagueiros Diego Macedo e Dipão; os volantes Willian Daltro, Alexandre e Gabriel, o meia Murilo, além dos atacantes Daisson e Vandinho.


“Infelizmente não temos como ficar com todo mundo. Cabe a mim falar para eles porque não vão ficar. O momento de dispensar alguém é muito difícil, pois a gente gosta de todo mundo. É um pouco frustrante numa semana você ser campeão e na outra precisar dispensar um atleta. Mas temos que agir com a razão e não apenas com o coração nessa hora”, resume.


Como deve renovar com pelo menos 14 jogadores, a tendência é que o Operário parta para o mercado em busca de 11 ou até 12 atletas, atingindo os 26 nomes idealizados por Gersinho. Todos os setores devem ser reforçados ao longo do período de contratações.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/5162/Vacinado-Operario-evita-loucuras-na-montagem-do-elenco-para-2018" data-text="Vacinado, Operário não quer "novo Perovic" para a temporada 2018">
PublicidadeNEC