PublicidadeNEC

Operário e Bragantino ficam na igualdade no interior de SP

Fantasma faz bom primeiro tempo, mas não sai do zero

Por: Felipe Gustavo em 02/06/2018 21:19:52 atualizado em 09/12/2018 15:11:36

Operário e Bragantino ficam na igualdade no interior de SP
Fantasma passou em branco contra o Bragantino - Foto: Rafael Moreira/CA Bragantino

O Operário Ferroviário conquistou neste sábado (2) mais um ponto na Série C do Campeonato Brasileiro. Jogando no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, o Fantasma ficou no empate de 0 a 0 com o Bragantino (SP), em confronto válido pela oitava rodada do Grupo B.

O resultado mantém provisoriamente o alvinegro paranaense na vice-liderança com 14 pontos - mesmo número do Tombense, que é superior no saldo de gols. Neste domingo (3), a torcida precisa "secar" o Botafogo (SP) para que a equipe mantenha a segunda posição.

1º tempo

Mesmo desfalcado do lateral Léo e do capitão Chicão, o Operário não se intimidou fora de casa contra o Bragantino, fazendo uma primeira etapa melhor do que o adversário. A primeira chance clara veio aos 11 minutos, quando Robinho finalizou e o goleiro Alex Alves espalmou. No rebote, Lázaro chegou antes de Cleyton e cortou para escanteio.

Logo em seguida foi a vez de Índio desperdiçar. Ele recebeu cruzamento na medida de Lucas Batatinha, antecipou o goleiro, mas cabeceou por cima da meta. Aos 18 minutos, o zagueiro Guilherme Mattis ficou caído no gramado e precisou sair do estádio de ambulância. Junior Goiano entrou na vaga.

A paralisação de seis minutos mudou o panorama do jogo. O Bragantino passou a ter mais posse de bola, mas seguia sem assustar o goleiro Simão. Do outro lado, o Fantasma chegava com toques rápidos. Em um arremate de longe, Danilo Baia viu a bola passar perto do gol adversário.

Simão só precisou trabalhar efetivamente aos 44 minutos, quando dividiu com o atacante Matheus Peixoto e conseguiu impedir a chegada do Bragantino.

2º tempo

Os instantes iniciais da etapa complementar foram de pressão do ‘Massa Bruta’, que chegou duas vezes com menos de dois minutos. Quem também fez bonito foi o lateral Fabiano. Ele limpou Danilo Báia duas vezes e bateu cruzado. A bola passou à esquerda do gol.

Mesmo equilibrando as ações, o time comandado por Gerson Gusmão passou a ter dificuldades para criar oportunidades claras de gol. Aos 20 minutos, o treinador alvinegro optou pela reestreia do meia-atacante Rafinha, que entrou no lugar de Lucas Batatinha.

O Fantasma ficou mais ágil após a alteração e construiu uma boa chance aos 24 minutos. Cleyton cruzou para Robinho, livre de marcação. Mas o camisa 10 tocou fraco na bola e ela ficou fácil nas mãos de Alex Alves.

Os donos da casa responderam em duas jogadas seguidas. Na primeira, Lázaro cabeceou firme pela linha de fundo. Na segunda, Matheus Peixoto fez o pivô e finalizou girando sobre a marcação. Simão espalmou para escanteio.

Gersinho então apostou nas entradas de Serginho Paulista e Xuxa. Eles substituíram Cleyton e Schumacher, respectivamente. Do outro lado, o técnico Marcelo Veiga sacou de campo Matheus Peixoto e Danilo Bueno, colocando Gustavo Vintecinco e Rodrigo Alves.

O confronto ficou aberto nos minutos finais. Em dois lances semelhantes, o Fantasma quase abriu o placar. Primeiro, Xuxa cobrou falta e o zagueiro quase jogou contra o patrimônio. Em seguida, o mesmo Xuxa bateu o escanteio e o defensor afastou para trás. A bola deu no pé da trave e saiu pela linha de fundo.

A resposta veio nos acréscimos. De bicicleta, Gustavo Vintecinco quase mandou para as redes. Logo depois, Lázaro - sem marcação - testou para o chão e Simão apareceu para agarrar firme e garantir o empate sem gols.

Próxima rodada

O Operário encerra o primeiro turno da Série C no próximo domingo (10), quando recebe o Luverdense (MT) no Estádio Germano Krüger. A partida está agendada para 15h30.

FICHA TÉCNICA

Bragantino: Alex Alves; Jonathan, Lázaro, Guilherme Mattis (Junior Goiano) e Fabiano; Adenílson, Magno Ribeiro e Danilo Bueno (Rodrigo Alves); Vitinho, Matheus Peixoto (Gustavo Vintecinco) e Marquinhos. Técnico: Marcelo Veiga

Operário: Simão; Danilo Báia, Alisson, Sosa e Peixoto; Erick, Índio, Robinho e Cleyton (Serginho Paulista); Lucas Batatinha (Rafinha) e Schumacher (Xuxa). Técnico: Gerson Gusmão

Data/Horário: 02/06/2018 (sábado), às 16h

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)

Público pagante: 749 torcedores

Renda: R$5.275,00

Árbitro: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)

Assistentes: Lorival Cândido das Flores (RN) e Ruan Neres Souza de Queiros (RN)

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/6210/Operario-e-Bragantino-ficam-na-igualdade-no-interior-de-Sao-Paulo" data-text="Operário e Bragantino ficam na igualdade no interior de SP">
PublicidadeNEC