PublicidadeNEC

Fantasma vira nos acréscimos e leva a torcida à loucura no GK

Operário bate Luverdense após ficar duas vezes atrás

Por: Felipe Gustavo em 10/06/2018 20:49:17 atualizado em 01/11/2018 07:49:09

Fantasma vira nos acréscimos e leva a torcida à loucura no GK
Erick marcou o gol da vitória alvinegra - Foto: José Tramontin/OFEC

O Operário Ferroviário precisou mostrar poder de superação neste domingo (10) no Estádio Germano Krüger. Após ficar duas vezes atrás do placar, o Fantasma bateu o Luverdense (MT) por 3 a 2 pela nona rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Fantasma está na vice-liderança do Grupo B, com 17 pontos somados - um atrás do líder Botafogo (SP) e quatro à frente do Luverdense, quinto colocado.

1º tempo

O duelo em Vila Oficinas começou com domínio dos visitantes. Marcando forte e envolvendo o Operário, o Luverdense não se intimidou e abriu o placar logo aos 4 minutos, quando Cleberson Tiarinha invadiu a grande área pelo meio e tocou na saída do goleiro Simão.

Mesmo em casa, o Fantasma tinha dificuldades para sair com a bola do campo de defesa. Mas, em uma das poucas oportunidades, Vinícius finalizou, a bola bateu em Helder e saiu para escanteio. Na cobrança, Sosa subiu mais alto do que a marcação e deixou tudo igual no placar.

O empate elevou por um momento o volume de jogo do Alvinegro. No lance seguinte, Índio, de cabeça, quase virou. Apesar do ímpeto do Operário, o time adversário permanecia com mais presença ofensiva, principalmente pelas pontas.

Aos 31 minutos, o lateral Itaqui apareceu em diagonal, com liberdade, e arriscou. O goleiro Simão abafou e jogou para escanteio. Na resposta, Robinho chegou a balançar as redes após toque de Sosa, mas a arbitragem anotou impedimento.

Aos 44, o Luverdense voltou à frente no marcador. Lucas Braga ganhou na velocidade de Léo e finalizou; Simão deu rebote e Paulo Renê surgiu no meio da área para anotar o segundo dos visitantes. O Fantasma não sofria dois gols em casa desde a partida contra o Iraty, em 21 de junho do ano passado.

2º tempo

A apatia do Operário na etapa inicial fez o técnico Gerson Gusmão mexer em dose dupla no intervalo. Léo e Vinícius deixaram a equipe e deram lugar a Erick e Quirino, respectivamente. Com a mudança, Chicão passou a atuar na lateral direita.

O Fantasma ficou mais efetivo na transição para o ataque. Aos 2 minutos, Índio recebeu o cruzamento e cabeceou para o chão, mas a bola morreu nas mãos do goleiro Diogo Silva. No minuto seguinte, Alisson vacilou e perdeu a bola para Paulo Renê, que bateu forte demais e jogou pela linha de fundo.

A partida ficou lá e cá. Aos 8, Quirino recebeu na área e, sem marcação, bateu fraco no meio do gol. Quatro minutos depois, Sosa perdeu a bola para Paulo Renê, que encontrou Cleberson Tiarinha. Ele limpou a marcação e arrematou para fora na saída de Simão.

O clima esquentou no gramado aos 20 minutos. Chicão recebeu entrada de Tiarinha. Os dois jogadores se estranharam e o meia da Luverdense acabou expulso pela arbitragem. Durante a confusão, o atacante Paulo Renê caiu no gramado e, enquanto saía de maca, se atirou novamente no gramado.

Após ganhar tempo, o atacante mato-grossense deixou o campo para a entrada de Rafael. Pouco depois, Paulo Renê foi expulso no banco de reservas.

Com um a mais, Gersinho sacou o zagueiro Alisson e colocou Xuxa. Em menos de cinco minutos, o meia apareceu na grande área e completou para o fundo do gol, deixando tudo igual no Germano Krüger. Foi o primeiro dele com a camisa alvinegra.

No embalo, os donos da casa foram para cima. Quirino dominou na entrada da área e bateu forte, mas Diogo Silva fez a defesa. Nos acréscimos, Batatinha girou o corpo e viu o defensor desviar o chute pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio, Xuxa bateu com perfeição e Erick testou para garantir a vitória, levando a torcida à loucura no Germano Krüger.

Próxima rodada

O Operário faz a primeira partida do returno no próximo sábado (16), quando visita o Volta Redonda, no Rio de Janeiro. O confronto será no Estádio Raulino de Oliveira, às 16h.

FICHA TÉCNICA

Operário: Simão; Léo (Erick), Alisson (Xuxa), Sosa e Peixoto; Chicão, Índio, Robinho e Cleyton; Lucas Batatinha e Vinícius (Quirino). Técnico: Gerson Gusmão

Luverdense: Diogo Silva; Itaqui, Helder, Kaique e Paulinho; Lorran, Moisés, Cleberson Tiarinha e Rubinho (André Ribeiro); Lucas Braga (Ariel) e Paulo Renê (Rafael). Técnico: Luizinho Vieira

Data/Horário: 10/06/2018 (domingo), às 15h30

Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR)

Público pagante: 3.128

Público total: 3.523

Renda: R$ 44.710,00

Árbitro: José Ricardo Vasconcellos Laranjeira (AL)

Assistentes: Rondinelle dos Santos Tavares (AL) e Lennon Mccartney Farias (AL)

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/6245/Fantasma-vira-nos-acrescimos-e-leva-a-torcida-a-loucura-no-GK" data-text="Fantasma vira nos acréscimos e leva a torcida à loucura no GK">
PublicidadeNEC