PublicidadeNEC

De contrato assinado, Operário continua na briga por 'horário especial' na Série B

Ao fechar com CBF e Globo, Fantasma fez reivindicação quanto datas e horários

Por: Raylane Martins em 09/04/2019 07:38:04 atualizado em 09/04/2019 07:39:50

De contrato assinado, Operário continua na briga por 'horário especial' na Série B

Segundo a tabela divulgada pela CBF, o Operário estreia no Germano Krüger numa sexta-feira - dia 26 de abril - Foto: José Tramontin/OFEC

De contrato assinado, Operário continua na briga por 'horário especial' na Série B
PublicidadeNEC

O presidente do Grupo Gestor do Operário Ferroviário vai ao Rio de Janeiro, neste quarta-feira (10), para mais uma vez tentar a alteração dos dias e horários de jogos em casa na Série B do Brasileirão. A tabela com as oito primeiras rodadas do campeonato foi divulgada na última sexta-feira (5) pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

No calendário divulgado, os jogos do Fantasma em Ponta Grossa serão em noites de sexta ou em manhãs/tardes de sábado. O Operário, que recentemente assinou o contrato dos direitos de transmissão, reivindicou que as datas dos jogos no Germano Krüger fossem revistas e, se possível, alteradas para as noites de sábado. Pedido que inicialmente não foi atendido pela CBF.

Na assinatura do contrato de direitos de transmissão, a diretoria do Fantasma também solicitou avaliação de condições para que o time chegasse à Copa do Brasil e o adiantamento da última parcela referente às cotas para este mês.

Em relação ao jogos no Germano Krüger, a diretoria pede partidas aos sábados na parte da noite por conta do calendário esportivo de clubes amadores da cidade. Os dirigentes projetam que mais pessoas devem assistir aos jogos do Fantasma se eles forem agendados para os sábados a partir das 19h.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/7747/de-contrato-assinado-com-a-cbf-ofec-vai-continuar-na-briga-pelos-dias-de-jogo" data-text="De contrato assinado, Operário continua na briga por 'horário especial' na Série B">
PublicidadeNEC