PublicidadeNEC

Diretoria do OFEC lamenta negociações ‘desleais’ e acredita na filosofia do clube

Parte dos atletas por quem o clube mostrou interesse foram levados por rivais

Por: Raylane Martins em 13/04/2019 08:00:00

Diretoria do OFEC lamenta negociações ‘desleais’ e acredita na filosofia do clube

Diretoria ainda precisa de um camisa 10 e de um centroavante para serem incorporados ao elenco na Série B - Foto: José Tramontin/ OFEC

Diretoria do OFEC lamenta negociações ‘desleais’ e acredita na filosofia do clube

Em período de contratações, o Operário Ferroviário foi a procura de goleiros, zagueiros, laterais, meia-atacantes e atacantes que atendessem às demandas do Alvinegro tanto em qualidade quanto financeiramente. Mas nem todas as sondagens deram certo. Jogadores que o Fantasma chegou a encaminhar foram contratados por rivais de maior poderio econômico. 

“Às vezes há negociações desleais e nós ficamos chateados porque oferecemos um valor e o outro time oferece um pouco mais, mas no final do contrato não paga esse pouco mais. O operário não faz isso. Tivemos agora o Rafinha e o Gil Paraíba que foram desligados da equipe em um dia 3 e tinham contrato até dia 30. O Operário pagou o mês deles rigorosamente, em dinheiro, antes da viagem”, afirma o Diretor de Futebol, Carlinhos Albuquerque. 

Um exemplo foi o meia Tony, de 32 anos, que possui contrato com a Ferroviária. O time de Vila Oficinas demonstrou interesse no empréstimo do atleta, mas uma proposta melhor do Figueirense acabou conquistando o jogador e o Operário perdeu a negociação para o adversário da Série B.  

“Não estamos infelizes com o que a gente não tem, estamos felizes com o que a gente tem. Não vamos ficar chorando por jogador que não veio, temos que valorizar os que aceitaram estar aqui dentro da filosofia do Operário”, completou o dirigente.

A diretoria do Operário está acertando com cerca de cinco jogadores que devem chegar ao clube além dos três que já estão na cidade. O Grupo Gestor preza pelo financeiro do time também para as próximas temporadas. “Se essa diretoria sair ou se o Álvaro tiver outros planos, o Operário vai ter dinheiro em caixa e terá uma vida estável e vai continue. Não vamos fazer loucura”, garante Carlinhos.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/7772/diretoria-do-ofec-lamenta-negociacoes-desleais-e-acredita-na-filosofia-do-clube" data-text="Diretoria do OFEC lamenta negociações ‘desleais’ e acredita na filosofia do clube">
PublicidadeNEC