Apesar do jejum de vitórias, Gersinho tem lado otimista: 'valorizar o jogo'

Técnico do Operário crê que apresentação contra a Ponte foi ponto alto

Apesar do jejum de vitórias, Gersinho tem lado otimista: 'valorizar o jogo'

Gersinho tem dois compromissos seguidos em casa para reverter a situação no comando do Operário Ferroviário - Foto: José Tramontin/OFEC

O momento não é dos melhores para o Operário Ferroviário na temporada 2019. Há três jogos sem vencer, o Fantasma se aproximou da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série B. Com quatro pontos somados, o clube aparece na 15ª colocação. Na sexta, o time foi castigado aos 45 minutos do segundo tempo, quando sofreu o gol da derrota por 1 a 0 para a Ponte Preta. Apesar do revés, o técnico Gerson Gusmão tenta extrair os pontos positivos da partida.

“A equipe fez um grande jogo e se impôs aqui no Moisés Lucarelli contra a Ponte Preta. Temos que valorizar o jogo", resumiu o comandante alvinegro em relação ao desempenho da equipe. Gersinho chegou a citar a 'injustiça' do placar.

 "Não merecíamos [a derrota]. Acho que até o empate era injusto pelo que produzimos e pelas chances que a gente criou. Mas o futebol é assim", acrescentou o treinador logo depois da derrota.

Confira a tabela atualizada da Série B

O problema é que o Operário entra agora pressionado por resultados na Série B. Para reverter a situação e seguir em clima tranquilo dentro de Vila Oficinas, o clube tem uma sequência ideal, com dois compromissos seguidos em casa. Os adversários são Botafogo-SP e Sport. O lema é pensar passo a passo. "Vamos começar a viver esse próximo jogo e trabalhar. A gente precisa do resultado”, crava Gersinho.

Ou seja, a prioridade é ter foco no rival de Ribeirão Preto (SP). As duas equipes se encontram no sábado (25), a partir das 19h, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!