Gersinho frisa necessidade de melhores finalizações no duelo com o Botafogo

Equipe quer quebrar sequência de jogos sem vitória e aumentar média de gols

Gersinho frisa necessidade de melhores finalizações no duelo com o Botafogo

Treinador do Operário Ferroviário enfrenta mudanças na equipe para a 5ª rodada da competição nacional - Foto: José Tramontin/OFEC

Neste sábado (25), o Operário Ferroviário entra em campo pela 5ª rodada da Série B. Para o confronto contra o Botafogo-SP, o técnico Gerson Gusmão pede algo claro e que incomodou os torcedores na derrota para a Ponte Preta: melhores chutes à meta. O objetivo é encerrar o jejum de vitórias e aumentar a média de gols na competição nacional. Foram só dois em quatro confrontos.

"Até estamos criando situações, mas não estamos sendo efetivos, e no futebol o que vale é efetividade, é o resultado, é a bola dentro. Estimulamos os atletas à repetição do movimento, do gesto, para que quando apareça uma situação já estejamos bem treinados. Se tivéssemos exatamente o motivo, solucionaríamos o problema de imediato", afirma Gersinho em entrevista coletiva.

"Temos que buscar alternativas, uma precisão maior, fazer a repetição para que se torne uma rotina isso - buscar a finalização por baixo, cruzada, no cabeceio, no contrapé do goleiro", acrescenta o treinador.

Mesmo conhecendo o Botafogo-SP da Série C 2018, o Operário encontrará novos jogadores na equipe rival. Por isso, o comandante alvinegro estudou o oponente ao longo da última semana.

"O Botafogo está no G4, confiante. É uma equipe muito forte fisicamente, tem jogadores de qualidade, com poder ofensivo bom. O estilo do Roberto Cavalo prioriza força, também marcação. Sabemos que é um confronto difícil. Eles venceram as duas partidas fora de casa. Sabemos da dificuldade de passar pelo sistema defensivo, mas temos uma confiança muito grande na resposta que os nossos ateltas estão dando", crava Gersinho.

O Fantasma encontra o time de Ribeirão Preto no Estádio Germano Krüger, às 19 horas deste sábado (25). O ingresso para não associados ao programa Sócio Fantasma da Vila custa 150 reais (inteira) e 75 reais (meia).

Compartilhe essa notícia com seus amigos!