Lázaro reconhece nova fase da zaga do Operário e elogia 'sistema' do time

Com a saída de Sosa, Lázaro e Rodrigo assumiram a posição na última rodada

Lázaro reconhece nova fase da zaga do Operário e elogia 'sistema' do time

Antes do problema de saúde do zagueiro Sosa, Lázaro costumava jogar com o uruguaio na posição - Foto: José Tramontin/ OFEC

PublicidadeNEC

Após o diagnóstico do zagueiro do Operário Ferroviário, Juan Sosa, a zaga do time ponta-grossense passou por mudanças. Já no último jogo, o zagueiro Lázaro atuou ao lado de um novo companheiro - Rodrigo. A dupla ainda não havia aparecido nos jogos do Fantasma pela Série B, mas soube trabalhar em sintonia e não tomou gols.

“É tudo graças ao sistema que o treinador montou. Se você olhar, não tomamos gol, mas tivemos a ajuda do pessoal da frente na recomposição, um trabalho que a equipe faz que é de extrema importância para que o setor defensivo não seja vazado. Somos uma peça de uma engrenagem, e a gente fica feliz por ter dado certo”, crava Lázaro, que chegou ao Operário neste ano para a Série B.  

Sem Sosa, Lázaro tem Rodrigo e Alisson como companheiros de posição, além de Edson Borges, ex-Cuiabá, anunciado pelo Operário nesta semana que será apresentado oficialmente nesta sexta-feira (19). A vitória contra o Londrina, na última rodada, devolveu a confiança à equipe, o que contribuiu para uma melhor performance da defesa. 

"O Operário está sempre reforçando bem o sistema defensivo, e todos os jogadores quando tiveram a oportunidade, no meu modo de ver corresponderam ao que foi pedido. As vitórias não estavam vindo mas sairmos vitoriosos dessa última partida foi importante para a moral do time, para a moral de cada setor”, afirma Lázaro. 

O Fantasma tem compromisso marcado contra o CRB no próximo sábado (20), às 19 horas, no Estádio Germano Krüger. A tendência é que a nova dupla de zaga seja mantida pelo técnico Gerson Gusmão.  

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC