Documentação de Cléo chega ao jurídico do OFEC e atleta permanece no clube

Atacante ex-Novorizontino esperou mais de 20 dias para ser regularizado

Documentação de Cléo chega ao jurídico do OFEC e atleta permanece no clube

Cléo Silva foi contratado em julho e apresentado junto com o centroavante Lucas Gaúcho - Foto: José Tramontin/ OFEC

PublicidadeNEC

Enquanto o Operário Ferroviário busca um lateral-direito para completar o elenco que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro, um contratempo com o atacante Cléo, recém-contratado, roubou as atenções. O jogador, anunciado pelo Operário no dia 1º de julho, ficou mais de 20 dias sem poder ser regularizado. 

Nesta segunda-feira (22), a documentação do jogador foi liberada pelo Novorizontino e já está nas mãos do Departamento Jurídico do Operário. Segundo o presidente do Grupo Gestor do Operário, Álvaro Góes, uma decisão sobre o caso será tomada nesta terça-feira (23) mas, ao que tudo indica, o atleta ficará no clube.

Cléo chegou a treinar com o Operário antes dos problemas com a documentação. Sem estar cadastrado no BID, o jogador não pôde ser relacionado para nenhum jogo após a pausa da Copa América. No último treino aberto da equipe em Ponta Grossa, na terça-feira (16), o atleta não esteve em campo. Cléo vem do Novorizontino, tem 29 anos e característica de ataque pelos lados.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC