Gersinho fala sobre a saída de Simão: 'sabíamos que podia acontecer isso'

Notícia de que o jogador deixaria o clube foi dada às vésperas de jogo com o Coxa

Gersinho fala sobre a saída de Simão: 'sabíamos que podia acontecer isso'

Simão completa, na partida contra o Coritiba, nesta sexta-feira (26), 100 jogos com a camisa do Operário Ferroviário - Foto: José Tramontin/ OFEC

PublicidadeNEC

A informação de que o goleiro do Operário Ferroviário, Simão Bertelli, deixaria o clube ponta-grossense chegou ao conhecimento do público um dia antes do compromisso do Fantasma com o Coritiba pela Série B. A data de saída do atleta não foi confirmada, mas e este pode ser a última partida de Simão com a camisa do Operário. 

Inevitavelmente, a notícia da saída mexe com os ânimos internos. Mas para o técnico Gerson Gusmão, não há nenhuma surpresa em ver que o jogador, com o histórico que carrega no Operário, seria alvo de outros clubes e, uma hora ou outra, faria as malas para alçar vôos maiores.

"Fez grandes competições pelo clube, mas já tinham surgido especulações em outros momentos e sabíamos que podia acontecer isso, até porque é um jogador que se destacou em cenário nacional", afirmou Gersinho em entrevista coletiva.

O treinador não acredita que a saída possa afetar o desempenho do atleta enquanto ainda está no Fantasma e vê a situação com tranquilidade. "Preocupação nenhuma. É um profissional extremo, sempre se empenhou e trabalhou bastante. Continuará fazendo isso até o momento da sua saída. Cabeça boa", frisa. 

O Operário já está em busca de um novo goleiro para suprir a saída de Simão, que chegará ao clube até a data limite de inscrições de novos atletas para atuar pela Série B. O Alvinegro conta ainda com os goleiros André Luiz e Matheus Artuzo, além de Thiago Braga, que está no Departamento Médico e não tem previsão de retorno. 

 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!