Entorse de Robinho é considerada grave; cinco atletas do OFEC seguem no DM

Uilliam e Rafael Chorão são os jogadores mais avançados no tratamento

Entorse de Robinho é considerada grave; cinco atletas do OFEC seguem no DM

O meia Robinho tem o caso de lesão mais recente no Departamento Médico do Operário Ferroviário - Foto: José Tramontin/ OFEC

PublicidadeNEC

Dos 31 atletas que fazem parte do elenco do Operário Ferroviário atualmente, cinco estão afastados tratando lesões no Departamento Médico do clube, além de Sosa, ausente por conta do diagnóstico de tromboembolismo pulmonar. 

Robinho é o caso mais recente. O atleta que deixou o gramado do Estádio Germano Krüger aos prantos no último sábado (27), durante um jogo-treino contra o Andraus, passou por exames e agora está sob observação. Robinho teve um entorse no tornozelo direito que, segundo o médico do clube, Dr. José Augusto Bach, tem gravidade significativa e ainda possui edema e hematoma visíveis. O caso requer cuidados médicos e o jogador está afastado das atividades, andando com auxílio e bota e muletas. 

Lucas Gaúcho, que se machucou na partida contra o Coritiba na sexta-feira (26), apresenta um traumatismo na posterior da coxa. O problema do atacante é menos preocupante, mas o DM ainda aguarda evolução, principalmente por conta da dor e sensibilidade da região machucada. 

Já o goleiro Thiago Braga passou por cirurgia no tendão de Aquiles e evolui aos poucos, mas ainda depende de fisioterapia para que recupere a mobilidade e, mais tarde, possa fazer trabalho de força muscular. Dessa forma, o atleta ainda deve permanecer no Departamento Médico por um longo período.

Por fim, estão mais perto de voltar aos gramados o atacante Uilliam e o meia Rafael Chorão. Os dois atletas passaram por lesões na coxa e estão iniciando trabalhos físicos leves associados ao tratamento no DM. 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!