Retrospecto: em 1990, a Série B também teve Operário e Criciúma em campo

Equipes se reencontram na mesma competição quase 30 anos depois

Retrospecto: em 1990, a Série B também teve Operário e Criciúma em campo

Na década de 90, Operário e Criciúma tiveram dois jogos pela Série B: um empate e uma vitória do time catarinense - Foto: Arquivo/ Divulgação

PublicidadeNEC

Operário Ferroviário e Criciúma são conhecidos de longa data. Apesar de não se enfrentarem desde 2016, quando o Operário teve sua última participação na Copa do Brasil, o retrospecto leva a seis jogos entre os dois clubes - dois empates, duas vitórias do Operário e duas vitórias do Criciúma. Dois desses confrontos aconteceram também em uma Série B de Campeonato Brasileiro, há quase trinta anos. 

Segundo o Dr. Ângelo Defino, no livro ‘Imortal Operário Ferroviário’, em 1990 o formato da Segunda Divisão Nacional abrigava 24 equipes. Na 1ª fase, eram quatro grupos de seis participantes que se entrentavam em turno e returno para avançarem os 16 melhores. Na sequência, pela 2ª fase, os classificados eram divididos em novos grupos que jogavam em turno e returno para definir os dois melhores de cada subdivisão. Na 3ª fase, os oito classificados se dividiam outra vez em dois grupos de quatro times, jogando em turno e returno, para que finalmente o campeão de cada grupo fosse classificado para a Série A. 

Naquele ano, o Fantasma chegou até a terceira fase e, no seu grupo, estavam Catuense (BA), Atlético-PR e Criciúma (SC). Contra o Criciúma, o Operário empatou sem gols jogando no Estádio Germano Krüger e, no returno, acabou sendo goleado no ‘Majestoso’, por 5 a 1. O campeão do grupo, que conquistou o acesso, foi o Atlético-PR. 

A Série B de 1990 não foi a primeira vez em que essas duas equipes se encontraram em campo. Operário e Criciúma já haviam disputado, em 1979, uma espécie de Brasileirão da Série A. Naquele ano, as Séries B e C haviam sido extintas, como descreve o Dr. Ângelo Defino: "a Confederação Brasileira de Futebol promoveu um verdadeiro inchaço de participantes. Transformou o Campeonato em uma única divisão, sem haver Séries B ou C, contando com 94 equipes". 

No grupo B da 1ª fase do Campeonato Brasileiro de 1979, estavam tanto Operário quanto Criciúma, além de 8 outros times. No duelo entre o Tigre e a equipe de Vila Oficinas, o Criciúma venceu em casa por 4 a 0. 

Às 16h30 deste sábado (3), o Fantasma enfrenta o time de Santa Catarina novamente. Dessa vez, pela 14ª rodada do Brasileirão da Série B. A partida acontece no Estádio Heriberto Hülse, o Majestoso.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC