PublicidadeNEC

'Diferente, único': companheiros de Operário homenageiam ‘Polaquinho’

Mestre de obras, Luciano foi vítima de acidente fatal no fim de semana

Por: Raylane Martins em 10/09/2019 07:58:05 atualizado em 10/09/2019 07:58:58

'Diferente, único': companheiros de Operário homenageiam ‘Polaquinho’

Luciano Dobzinski era chamado de 'Polaquinho' e fez parte de uma série de obras no Germano Krüger - Foto: José Tramontin/ OFEC

'Diferente, único': companheiros de Operário homenageiam ‘Polaquinho’
PublicidadeNEC

Alegre, de bem com a vida e sempre disposto a ajudar a todos. Assim Luciano Dobzinski é definido por aqueles com quem dividia a grande maioria dos seus dias de trabalho no Operário Ferroviário. Mestre de obras do clube, Luciano sofreu um acidente no último domingo (8) e foi enterrado na tarde desta segunda-feira (9). 

A equipe do Net Esporte Clube conversou com parte dos funcionários do Operário que conviveram com Luciano. Confira os depoimentos em homanagem a ele:

“Ele era conhecido por todo mundo aqui como Polaquinho. Era uma pessoa que estava sempre de bem com a vida, não tinha tempo ruim, não media esforços pra ajudar quem quer que fosse. Se tornou um amigo pela convivência aqui todos os dias. O que a gente precisasse, tudo mesmo que a gente precisasse, ele ajudava. Era só ligar pra ele. Era muito torcedor do Operário, vibrava com a gente e já está fazendo muita falta” - Gerente de Comunicação do Operário, Bianca Machado. 

“O que eu posso falar para você do Polaquinho? Ele era um irmão. Convivi com ele durante cinco anos no clube. Um rapaz prestativo, sempre disposto a ajudar todo mundo. Eu nunca vi ele brabo com ninguém, nunca vi ele discutindo com ninguém. Todos que pediam as coisas para ele, ele corria ajudar. A imagem que fica dele é do rapaz alegre, sorridente. Conheço muita gente, mas digo para você que ainda não conheço ninguém que seja tão benquisto como ele foi. Esse era o Polaquinho. Ninguém é insubstituível em um emprego, mas ele era diferente, único, e vai fazer falta” - Gerente de Operações do Operário, Jonathan Molodowiski. 

“O Polaquinho era uma pessoa sensacional. No pouco que convivi com ele, foi um cara sempre alto astral, brincalhão, sempre parceiro. Era muito legal ver ele trabalhando no Operário porque em qualquer lugar do clube que você fosse tinha alguma obra dele ou alguma coisa que ele tinha feito. O cara fazia de tudo, ajudava todo mundo, se preocupava com tudo. É uma pessoa que vai fazer muita falta na rotina do clube pelas funções que cumpria mas também pelo amigo que era. Você podia contar com ele, podia ver ele em qualquer momento que estaria sorrindo, estaria de bem” - Fotógrafo do Operário, José Tramontin. 

“Éramos muito próximos. Ele era uma pessoa que sempre estava disposta a ajudar todo mundo. Na Loja, na estrutura de internet, eu chamava ele. Faz dois anos que estou na Loja, criamos uma amizade muito grande, sabe? Fazíamos churrasco, nos reuníamos, ele não virou só um companheiro de trabalho, virou um amigo. Sempre muito respeitador, gente boa, uma pessoa extraordinária. Só quem teve o prazer de conhecer ele sabe do que eu estou falando” - Funcionária responsável pela Loja do Fantasma, Kelli Lamoglia. 

“O Luciano foi uma pessoa simplesmente incrível. Não existia tempo ruim para ele. Se a gente estava para baixo, se não estava muito bom o clima, ele sempre conversava, contava uma piada, e a alegria dele contagiava todo mundo. Sempre disposto a ajudar, e se não podia ajudar, achava outros para que ajudassem. Sempre na maior alegria. Quantas vezes ele apareceu com saquinho de pipoca que sobrava de jogo para todo mundo? Ele conseguiu deixar marcas no Operário, no Germano Krüger. Em grande parte das reformas no Estádio, na construção do CT, coisas que tiveram a influência dele, o dedo dele, a mão de obra dele. O Operário deve uma parte à pessoa que era o Polaquinho, ao que ele fez pelo clube” - Assistente de Publicidade do Operário, Rafael Volski.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/8628/extraordinario:-companheiros-de-operario-homenageiam-polaquinho" data-text="'Diferente, único': companheiros de Operário homenageiam ‘Polaquinho’">