Tudo que você precisa saber sobre Sport x Operário pela Série B do Brasileirão

OFEC quer cumprir meta fora de casa; Sport busca melhorar campanha na Ilha

Tudo que você precisa saber sobre Sport x Operário pela Série B do Brasileirão

No 1º turno do Brasileirão da Série B, o Operário Ferroviário venceu o Sport por 2 a 1 de virada em Ponta Grossa - Foto: José Tramontin/ OFEC

PublicidadeNEC

Neste sábado (28), às 19 horas, Sport Recife e Operário Ferroviário entram em campo na Ilha do Retiro pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Esta será a segunda partida consecutiva do Fantasma fora de casa e o time busca a vitória para cumprir a meta do treinador Gerson Gusmão - voltar a Ponta Grossa com no mínimo três pontos. Em casa, o Sport quer construir sequência de vitórias e melhorar os números na Ilha do Retiro. 

O Operário empatou com o Botafogo-SP na última rodada da Segunda Divisão Nacional. Em Ribeirão Preto na última terça-feira (24), o Alvinegro conseguiu o empate por 1 a 1 aos 49 minutos do 2º tempo. O resultado manteve a equipe na 6ª colocação, com 36 pontos somados. 

O Sport vem de vitória por 2 a 0 diante do Londrina, na casa do rival. Foram duas partidas fora de casa: o elenco saiu de Pernambuco, foi até Belo Horizonte, em Minas Gerais, enfrentar o América-MG, e depois viajou para Londrina, no Paraná. A equipe pernambucana está na 3ª posição da tabela, com 41 pontos. Para manter-se em boa fase, agora o objetivo é melhorar a campanha em casa. 

O Sport está no G-4 da Série B a oito rodadas seguidas e é favorito na busca pelo acesso à Série A. O time é dono de um dos jogadores de maior destaque na competição - Hernane Brocador, atual artilheiro junto com Rodrigão, do Coritiba. Ambos possuem 11 gols no campeonato. Em 24 jogos, o Sport venceu 10 jogos, empatou 11 e perdeu três - em casa, venceu cinco, empatou seis e perdeu uma. 

O número de pontos perdidos pelo Sport com o mando motiva os atletas a buscarem melhora jogando na Ilha do Retiro. Como visitante, o Sport é o 2º melhor time da competição. Perdeu apenas dois jogos - um deles, para o Operário. 

No Operário, o desequilíbrio é oposto. O melhor mandante da Série B só venceu uma partida como visitante, contra o Criciúma. Tirando este jogo, são quatro empates e sete derrotas fora de casa. Entretanto, vale destacar que, nos últimos oito jogos do Fantasma pela Série B, o elenco perdeu somente uma vez, para o Oeste. 

Os dois times tiveram pouco tempo de preparação específica para o duelo deste sábado (28). O Operário fez um trabalho na quarta-feira (25), viajou na quinta-feira (26), e realizou treino tático com o grupo completo só nesta sexta-feira (27), no CT do Náutico. O Sport viajou de Londrina para o Recife na quarta-feira (25) e teve apenas dois dias de treinamento - na quinta e sexta-feira. 

No 1º turno, o confronto entre as equipes terminou em 2 a 1 para o Operário. Os gols foram marcados por Sammir, do Sport, Schumacher e Felipe Augusto, do Operário. A partida aconteceu debaixo de muita chuva e m Ponta Grossa e gerou polêmica por conta das condições do gramado. Clique aqui e relembre como foi o duelo. 

O técnico Guto Ferreira deve manter praticamente a mesma escalação do jogo contra o Londrina. A única mudança prevista é a entrada de Charles, que volta de suspensão, no lugar de Yago. 

No elenco do Fantasma, há dúvida no meio e na formação tática a ser utilizada pelo treinador. A suspensão automática de Índio por conta do terceiro cartão amarelo deve dar lugar a Gelson. Porém, o técnico Gerson Gusmão também pode optar por uma escalação com três volantes ou em um 4-3-3, tirando Cleyton e apostando no trio formado por Felipe Augusto, Lucas Batatinha e Felipe Alves no ataque. O treinador citou a possibilidade de iniciar com três atacantes em um dos jogos da sequência e não utilizou essa opção tática contra o Botafogo-SP.

RETROSPECTO 

Além da partida válida pelo primeiro turno da Série B, Operário e Sport já se enfrentaram em 1990, por essa mesma competição. Naquele ano, em Ponta Grossa, o Fantasma venceu por 2 a 1. No Recife, o embate terminou empatado em 1 a 1. O Sport terminou a Série B de 1990 como campeão e o Operário ficou perto do acesso, na 5ª colocação geral. 

INGRESSOS 

Os ingressos de Sport e Operário custam de 20 a 65 reais para sócios, de 25 a 140 reais para não-sócios de acordo com o setor da arquibancada. Os bilhetes podem ser adquiridos via internet antecipadamente ou nas bilheteria do Estádio das 9h às 20h15 para a torcida da casa e das 13h às 20h15 para a torcida visitante.

TRANSMISSÃO 

A transmissão de Sport e Operário será feita por três rádios de Ponta Grossa: Rádio Difusora, na frequência 105.9, Rádio Clube, na frequência 94.1, e Rádio Itay, na frequência 88,7. O Canal Premiere, que é detentor dos direitos de transmissão de imagens, também transmitirá o jogo.

TEMPO REAL

Acompanhe a descrição da partida minuto a minuto pelo tempo real do Net Esporte Clube. O #trNEC estará disponível pelo Twitter (@netesporteclube) e no site.

ESCALAÇÕES PROVÁVEIS 

Sport: Mailson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Willian Farias, Charles e Leandrinho; Yan, Guilherme e Hernane Brocador. Técnico: Guto Ferreira.

Operário: Rodrigo Viana; Mailton, Rodrigo, Lázaro (Alisson) e Julinho (Peixoto); Jardel, Gelson, Marcelo e Cleyton (Felipe Alves); Felipe Augusto e Batatinha. Técnico: Gerson Gusmão

Desfalques: Thiago Braga e Sosa - recuperação, Índio - suspensão (Operário); João Igor, Hyuri e Juninho (Sport)

Arbitragem: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP), assistido por Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (SP)

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC