Com um a mais, Operário vira presa fácil e perde para o Sport (PE) em Recife

Fantasma chegou a empatar, mas tomou dois gols em vantagem numérica

Com um a mais, Operário vira presa fácil e perde para o Sport (PE) em Recife

Sport chegou aos gols da vitória com um jogador a menos no gramado da Ilha do Retiro - Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

PublicidadeNEC

O Operário Ferroviário sofreu mais uma derrota fora de casa na Série B do Campeonato Brasileiro. O algoz da vez foi o Sport, que derrotou o adversário por 3 a 1 na noite deste sábado (28), na Ilha do Retiro. O artilheiro Hernane abriu o placar na primeira etapa. No segundo tempo, o Fantasma chegou a ficar com um a mais em campo, empatou com Marcelo, mas foi presa fácil nos minutos finais, sofrendo gols de Charles e Guilherme.

Classificação Série B

1º TEMPO

Repleto de mudanças táticas promovidas pelo técnico Gerson Gusmão, o Operário até iniciou a partida em Pernambuco com intensidade, pressionando a saída dos donos da casa. Mas logo aos 8 minutos, o goleiro Rodrigo Viana precisou aparecer para frear o chute de Yan. Gersinho neste momento cobrava recomposição de Felipe Augusto.

O volume ofensivo pertencia todo ao Sport, mas os rubro-negros chegavam na base da bola parada. Em uma delas, Marcelo testou para trás e viu a bola dar no travessão de Viana. Quase o camisa 10 marca contra o patrimônio. Nesta altura, o Leão tinha cinco finalizações contra apenas uma dos visitantes.

Aos 29, o goleiro alvinegro voltou a agir em finalização do atacante Guilherme. Com pouca armação, o Operário quase chegou ao gol aos 35 minutos: Felipe Augusto bateu de esquerda e Mailson espalmou para o lado. Cléo Silva - uma das novidades do Fantasma - não conseguiu pegar o rebote.

O castigo veio aos 43 minutos. Sem cobertura pela direita, a equipe visitante deixou Leandrinho sozinho, ele cruzou rasteiro e Hernane Brocador apareceu no meio da pequena área para finalizar: 1 a 0. Gol que isola o camisa 9 na artilharia da Série B.

2º TEMPO

O Operário voltou do vestiário com a entrada do volante Chicão. Gelson deixou o gramado. Apesar da alteração, o Fantasma se apresentou mais vulnerável. Leandrinho acertou duas vezes seguidas o travessão. No rebote do segundo lance, Hernane encheu o pé e Rodrigo Viana salvou.

Logo depois, Gersinho acionou Lucas Batatinha no banco de reservas. Felipe Alves foi a opção de saída. Com menos de cinco minutos em campo, o camisa 19 quase anotou o empate, mas parou no poste do goleiro Maílson.

Era um aviso. Aos 23 veio o lance que poderia mudar o panorama da partida em Recife. Lucas Batatinha enfiou Marcelo de cara para o gol, Éder puxou o adversário e cometeu o pênalti. O zagueiro foi expulso pela arbitragem e o próprio Marcelo converteu a penalidade.

Tudo parecia perfeito, mas o Fantasma passou a jogar pior do que os mandantes. Na última alteração, Gersinho sacou Julinho para colocar Peixoto. Logo em seguida o alvinegro sofreu o segundo gol - anotado de cabeça por Charles.

O terceiro, que deu números finais ao confronto, não demorou. Guilherme fez boa jogada individual para cima da marcação e, de canhota, estufou a rede de Rodrigo Viana. 

PRÓXIMO JOGO

Depois de uma turnê longe de Ponta Grossa, o Operário volta ao Germano Krüger no próximo sábado (05). O time comandado por Gerson Gusmão recebe o Brasil de Pelotas, em duelo agendado para 16h30.

FICHA TÉCNICA

Sport: Mailson; Norberto, Rafael Thyere, Eder e Sander; Willian Farias, Charles e Leandrinho (Pedro Carmona); Yan (Adryelson), Guilherme (Marcinho) e Hernane Brocador. Técnico: Guto Ferreira.

Operário: Rodrigo Viana; Maílton, Lázaro, Rodrigo e Julinho (Peixoto); Jardel, Gelson (Chicão) e Marcelo; Felipe Augusto, Cléo Silva e Felipe Alves (Lucas Batatinha). Técnico: Gerson Gusmão.

Gols: Hernane, do Sport, aos 43 minutos do 1º tempo; Marcelo, do Operário, aos 24 minutos, Charles, do Sport, aos 34 minutos, e Guilherme, do Sport, aos 37 minutos do 2º tempo.
Cartões amarelos: Jardel e Chicão (Operário); Willian Farias (Sport)
Cartão vermelho: Éder (Sport)

Local/Data: Ilha do Retiro, em Recife (PE) |28/09/2019
Público total: 13.124
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Assistentes: Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (SP)

ESTATÍSTICAS*

Posse de bola

Sport 51,7% x 48,3%  Operário

Finalizações certas

Sport 9 x 3 Operário

Finalizações erradas

Sport 10 x 5 Operário

Passes certos

Sport 311 x 329 Operário

Passes errados

Sport 36 x 56 Operário

* Fonte: Footstats

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC