PublicidadeNEC

Operário oscila e perde de virada para o Brasil-RS em pleno Germano Krüger

Fantasma domina o primeiro tempo, mas faz segunda etapa fraca pela 26ª rodada

Por: Felipe Gustavo em 05/10/2019 21:00:02 atualizado em 05/10/2019 22:56:16

Operário oscila e perde de virada para o Brasil-RS em pleno Germano Krüger

Felipe Augusto lamenta uma das chances desperdiçadas no primeiro tempo, quando o Operário dominava o adversário - Foto: João Vitor Rezende

Operário oscila e perde de virada para o Brasil-RS em pleno Germano Krüger
PublicidadeNEC

Até então dono da melhor campanha dentro de casa na Série B, o Operário Ferroviário sucumbiu no Germano Krüger diante do Brasil de Pelotas (RS). Após um primeiro tempo dominante e com gol de Lucas Batatinha, o Fantasma diminui as ações nos 45 minutos finais e viu o zagueiro Leandro Camilo balançar as redes duas vezes e decretar a vitória gaúcha em Ponta Grossa.

Com o resultado, a equipe alvinegra fica estacionada na intermediária da tabela - há três pontos do G4 da Série B.

Classificação Série B

1º TEMPO

Com os retornos de Allan Vieira, Índio, Cleyton e Lucas Batatinha à equipe titular, o Operário fez uma primeira etapa amplamente superior ao adversário e acumulou oportunidades suficientes para abrir uma vantagem grande no placar. Foram nove finalizações ao todo nos 45 minutos iniciais, mas a pontaria deixou a desejar.

O artilheiro Felipe Augusto mandou duas pela linha de fundo. Ambas de frente para o gol. Já Lucas Batatinha, aos 15 minutos, parou em grande defesa do goleiro Carlos Eduardo. O camisa 9 recebeu cruzamento rasteiro de Allan Vieira e finalizou de carrinho.

Com muita presença ofensiva, o Fantasma engolia o adversário. Aos 30 minutos a insistência deu certo. Cleyton tentou o cruzamento, Lucas Batatinha antecipou a marcação, fez jogada individual dentro da área e bateu cruzado. 

Na roda, o técnico Bolívar mudou o Brasil-RS. Washington entrou na vaga do lateral esquerdo Pará. O Fantasma seguiu superior e terminou a etapa inicial com mais de 62% de posse de bola.

2º TEMPO

O Fantasma voltou do vestiário com menos intensidade, mas permanecia ditando o ritmo do confronto em Vila Oficinas. A primeira chance clara surgiu aos 9 minutos, quando Felipe Augusto cruzou e Lucas Batatinha cabeceou à direita da meta.

O problema é que a equipe comandada por Gerson Gusmão deixou o ritmo cair e parecia perder o poder de concentração. Os donos da casa passaram a dar campo ao rival e cometiam faltas perto da grande área.

Foi em uma delas que aos 21 minutos o Brasil-RS chegou ao gol de empate. Leandro Camilo recebeu cruzamento, se jogou na bola e não deu chances a Rodrigo Viana. Castigo para o Operário.

Gersinho então tirou o volante Jardel, que estava amarelado, e colocou o atacante Uilliam. Instantes depois o treinador perdeu Allan Vieira, com lesão muscular. Julinho entrou na lateral esquerda. A última alteração não demorou: Felipe Alves foi acionado para a vaga de Lucas Batatinha.

Ao invés de ser mais perigoso, os mandantes passaram a depender muito de bolas alçadas na área e não conseguiram assustar de fato a meta do Brasil-RS. De quebra, o Operário cometeu mais faltas perto da grande área e viu Leandro Camilo marcar mais um após rebote de Rodrigo Viana.

CONFIRA OS GOLS DO JOGO

PRÓXIMO JOGO

O Operário tem mais um compromisso como mandante na sequência da Série B. O Fantasma recebe o Paraná Clube nesta terça (08), a partir das 19h15, no Estádio Germano Krüger. O Tricolor vem embalado por vitória sobre o Coritiba na Vila Capanema.

FICHA TÉCNICA

Operário: Rodrigo Viana; Maílton, Lázaro, Rodrigo e Allan Vieira (Julinho); Jardel (Uilliam), Índio, Marcelo e Cleyton; Felipe Augusto e Lucas Batatinha (Felipe Alves). Técnico: Gerson Gusmão.

Brasil-RS: Carlos Eduardo; Ricardo Luz, Bruno Aguiar, Leandro Camilo e Pará (Washington); Leandro Leite, Carlos Jatobá, Murilo Rangel, Diogo Oliveira e Rodrigo Alves (Maicon Assis); Guilherme Queiroz (Pereira). Técnico: Bolívar.

Gols: Lucas Batatinha, do Operário, aos 30 minutos do 1º tempo; Leandro Camilo, do Brasil-RS, aos 21 e aos 46 minutos do 2º tempo.
Cartões amarelos: Jardel e Lázaro (OFEC); Leandro Leite, Maicon Assis, Carlos Eduardo e Guilherme Queiroz (BRS)

Local/Data: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR) | 05/10/2019
Público total: 5.018
Árbitro: Diego da Costa Cidral (SC)
Assistentes: Helton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

ESTATÍSTICAS*

Posse de bola

Operário 58,2% x 41,8% Brasil -RS

Finalizações certas

Operário 4 x 3 Brasil -RS

Finalizações erradas

Operário 10 x 3 Brasil -RS

Passes certos

Operário 333 x 204 Brasil -RS

Passes errados

Operário 45 x 47 Brasil -RS

* Fonte: Footstats

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/8772/operario-oscila-e-perde-de-virada-para-o-brasil-rs-em-pleno-germano-kruger" data-text="Operário oscila e perde de virada para o Brasil-RS em pleno Germano Krüger">
PublicidadeNEC