Por problema de logística, Operário não vai treinar antes de jogo contra o CRB

Grupo foi dividido em três e percurso foi mais longo para chegar a Maceió

Por problema de logística, Operário não vai treinar antes de jogo contra o CRB

Operário entra em campo contra o Clube de Regatas Brasil às 20h30 desta terça (15); esta é a 29ª rodada da Série B - Foto: João Vitor Rezende

PublicidadeNEC

Depois de encarar o Londrina pela 28ª rodada da Série B, os planos do Operário Ferroviário eram voltar a Ponta Grossa, treinar na cidade e seguir viagem para o jogo contra o CRB na noite de domingo (13), indo a Curitiba para pegar o voo até Alagoas. Entretanto, a logística precisou ser alterada de última hora e, com isso, o elenco alvinegro não terá tempo para treinamento antes do duelo desta terça-feira (15). 

Uma mudança na malha viária de Curitiba fez com que a CBF optasse pela permanência do Operário em Londrina para seguir viagem a partir de lá até a capital alagoana. O 'roupeiro' e o massagista do Fantasma voltaram a Ponta Grossa para buscar materiais do time e retornaram a Londrina com atletas que haviam sido poupados do compromisso de sábado (12).

Na sequência, elenco e comissão técnica foram divididos em três grupos. Os dois primeiros pegaram seus voos e, quase 12 horas depois, chegaram ao Recife. O time treinaria no Centro de Treinamento do Náutico na segunda-feira (14). Entretanto, o último grupo de 10 pessoas teve o voo cancelado - outra surpresa que obrigou a diretoria mudar o planejamento mais uma vez. Os últimos dez voltaram a Curitiba e foram direto a Maceió. O treino que deveria acontecer no Recife foi cancelado e os 20 atletas pegaram um ônibus fretado para Alagoas. Assim, não houve tempo para reunir a equipe para treinamento.

“Isso atrapalha, e muito. Tivemos um jogo debaixo de 35 graus contra o Londrina, não tivemos e não vamos ter nenhum treinamento, só estamos em aeroportos e em viagens. Nunca vi uma equipe dividir o grupo em três igual nos tivemos que fazer. Uma logística muito complicada. Tomara que esses empecilhos sirvam de motivação para fazermos um grande jogo amanhã, mas sem dúvida atrapalha muito. Teremos só 24 horas para descansar e sem nenhum treino", afirma o diretor de futebol do Operário, Carlinhos Albuquerque.

A equipe descansa nas próximas horas, passa pela programação habitual de concentração e joga às 20h30, no Estádio Rei Pelé, contra o CRB.  

 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC