Centro de Treinamento do OFEC só vai começar a ser utilizado para o Estadual

Finalizar o projeto geral passa a ser prioridade antes do início do uso do CT

Centro de Treinamento do OFEC só vai começar a ser utilizado para o Estadual

CT do Operário está sendo construído aos fundos do departamento de Educação Física da UEPG, no campus Uvaranas - Foto: José Tramontin/ OFEC

PublicidadeNEC

O primeiro campo do Centro de Treinamento do Operário Ferroviário, no Campus Uvaranas da Universidade Estadual de Ponta Grossa, já está praticamente pronto. Entretanto, o elenco alvinegro não começará a utilizar o espaço neste mês, como era esperado. 

A diretoria do Operário definiu que o processo de obras nos demais campos, nos vestiários e na estrutura final do CT será agilizado antes que o local comece a sediar treinamentos. Dessa forma, a inauguração do primeiro campo deve acontecer apenas em dezembro, já na preparação para o Campeonato Paranaense de 2020. 

“Nossa posição é de só usar o CT a partir do Paranaense. Choveu, está melhorando, vamos começar a plantar a grama do segundo campo. Optamos por dar um trato melhor no CT, deixar tudo bem tranquilo, bem macio o campo, tirar pragas. O Campeonato Brasileiro nós já vamos terminar como está, e no Paranaense vamos firmes para lá com dois campos prontos”, explica o presidente do Grupo Gestor, Álvaro Góes. 

Segundo o Diretor Administrativo do Operário, Rubens Selski, o ‘Geada’, no verão, por conta do calor e das chuvas, os campos se recuperam mais rápido, o que favorece a finalização dos próximos gramados. Segundo ele, a tendência é que os três campos estejam prontos até novembro, mas o time profissional só usará o espaço quando os vestiários e a estrutura estiverem completos, na preparação para o Estadual.

A construção do Centro de Treinamento do Operário começou em janeiro deste ano e tinha entrega prevista em cerca de seis meses. No mês de junho, um prazo de 90 dias para a finalização do primeiro campo foi definido, mas questões climáticas teriam levado ao atraso das obras. O CT na UEPG sediará os treinamentos da equipe profissional do Fantasma mas também será usado para projetos de base e de inclusão social, além de atividades de integração com a comunidade acadêmica. 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!