Se vencer o Coxa, Operário atinge 'pontuação ideal' para se garantir na 'B'

Probabilidade de rebaixamento é praticamente nula com 46 pontos

Se vencer o Coxa, Operário atinge 'pontuação ideal' para se garantir na 'B'

Operário e Coritiba já se enfrentaram no primeiro turno da Série B, em Ponta Grossa, e empataram em 1 a 1 - Foto: João Vitor Rezende

PublicidadeNEC

Na nona colocação do Campeonato Brasileiro da Série B, o Operário Ferroviário tem 43 pontos somados no campeonato. Conquistando mais três pontos, o time atinge uma meta importante na competição - garante a permanência na Segunda Divisão Nacional, baseado na pontuação dos dez últimos anos, e pode focar na busca pelo acesso. 

De 2009 a 2018, o time que precisou de mais pontos para escapar do rebaixamento foi o Fluminense, que ficou na 16ª posição com 46 pontos. Em 2016, o Vitória escapou da ZR com 45 pontos. A média de pontuação do 16º colocado nos últimos dez anos é de 43,5 pontos; nos últimos cinco anos, é de 42,8. 

Os cinco times que já atingiram os 46 pontos na Segunda Divisão Nacional já não tem mais probabilidade de serem rebaixadas, segundo os dados do Departamento de Matemática da UFMG. Com 43 pontos, a chance de rebaixamento do Operário de acordo com a atual tabela é de 0,015%. O Botafogo-SP, que tem 44 pontos, tem chance de rebaixamento igual a 0,001%. 

O Coritiba, adversário do Fantasma na próxima rodada da Série B, é um dos times que já ultrapassou os 46 pontos e não corre risco de rebaixamento. Falando em acesso, as estatísticas indicam 55,5% de chance do Coxa subir para a Série A. A probabilidade de acesso do Operário é de apenas 9,6%. 

O confronto desta quinta-feira (24) é uma briga direta pela vaga no G-4. O Coritiba precisa vencer, na sequência da competição, Operário, Botafogo e Sport para se manter no topo. O Fantasma, vencendo o time da capital e o Atlético Goianiense, na próxima rodada, aumenta as chances de ficar entre os quatro primeiros.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!