PublicidadeNEC

“Não fiquei nenhum pouco satisfeito”, diz Gersinho após empate com Vila Nova

Treinador fala sobre jogadores poupados e lamenta distância maior para o G4

Por: João Vitor Rezende em 09/11/2019 08:23:05

“Não fiquei nenhum pouco satisfeito”, diz Gersinho após empate com Vila Nova

Técnico do Operário Ferroviário também comentou entrada de Jonh Lennon e o próximo confronto com o Bragantino - Foto: João Vitor Rezende

“Não fiquei nenhum pouco satisfeito”, diz Gersinho após empate com Vila Nova
PublicidadeNEC

Apesar de destacar o desempenho na criação de chances claras de gol, o técnico Gerson Gusmão lamentou o resultado final da partida contra o Vila Nova dessa sexta-feira (8) no Serra Dourada. O comandante do Operário Ferroviário vê a briga pelo acesso mais distante e já fala em depender de alguns resultados para chegar ao G4 no final da Série B.

Gersinho também comentou as ausências do atacante Lucas Batatinha, o volante Índio e o meia Marcelo, poupados nessa partida. Confira o que disse o treinador do Fantasma em entrevista coletiva após a partida contra a equipe goiana.

ANÁLISE GERAL
“Acabamos não trazendo o Batatinha, Índio e Marcelo, pois sabíamos que eles não aguentariam o jogo todo. Os que entraram já tiveram dificuldade, imagina se estivéssemos com a equipe quase toda desgastada depois dos últimos dois jogos que tivemos em casa. Quem entrou, entrou bem, principalmente no primeiro tempo, onde tivemos um volume enorme de jogo, mas temos que fazer o gol. Não podemos reclamar, criamos oportunidades, podemos falar apenas do lance de pênalti claro, mas tivemos outras chances e temos que ser mais efetivos”.

“Essa vem sendo nossa principal dificuldade no campeonato e infelizmente não estamos tendo um aproveitamento próximo do número de chances que a gente cria. No segundo tempo não tivemos a mesma força e a estratégia era essa, de ir para o primeiro tempo para matar a partida”.

AUSÊNCIAS
“São grandes jogadores, mas não renderiam. Tivemos que optar, conhecendo o elenco, sabendo a maneira que esses atletas terminaram os últimos jogos em casa e vendo os dados que a gente tem da fisiologia, seriam substituições certas. Optamos por trazer quem estava com melhor condição. Mas claro que fazem falta, são importantes para equipe”.

ENTRADA DE JONH LENNON
“Tem muita gente que quer ser treinador. Tem que entender o que acontece em um jogo de futebol. O Mailton precisa de espaço pra fazer as jogadas e hoje teve muitas situações, mas ele acabou errando alguns dribles e passes. Mas quando não se ganha o jogo, aí tudo é errado. Tem que avaliar como a equipe jogou, se realmente fez falta o Jonh com o Mailton pela direita apesar de ter criado mais de 10 oportunidades no primeiro tempo, se o problema foi essa. Coloquei ele por dentro porque o Chicão pediu pra sair e a gente precisava de um jogador que tivesse qualidade pra chegar na frente também”.

O EMPATE
"Não fiquei nenhum pouco satisfeito, era um jogo pra ganhar, viemos pra isso. Buscamos isso no primeiro tempo com intensidade, com situações de gols e essa era a nossa estratégia, infelizmente não tivemos aproveitamento. Queríamos a vitória e agora ficou mais difícil, mas vamos lutar, procurar vencer as próximas partidas, melhorar a parte ofensiva e depender de alguns resultados".

BRAGANTINO
“O Operário sempre vai buscar a vitória. Diminuiu uma rodada e a gente não conseguiu diminuir nossa diferença pra quem está na frente, mas nem por isso vamos deixar de honrar a camisa do Operário. Sabemos que é difícil, o adversário é o líder e venceu na rodada. É uma grande equipe, com jogadores que tecnicamente são acima dos demais times, temos que marcar muito bem e buscar situações de gols melhores das que estamos tendo nos últimos jogos”.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/9015/“nao-fiquei-nenhum-pouco-satisfeito”-diz-gersinho-apos-empate-com-vila-nova" data-text="“Não fiquei nenhum pouco satisfeito”, diz Gersinho após empate com Vila Nova">