PublicidadeNEC

Operário é derrotado pelo Bragantino em casa e se afasta da Série A

Com um gol em cada tempo, Fantasma não consegue segurar o líder da Série B

Por: Redação NEC em 13/11/2019 00:14:20 atualizado em 13/11/2019 10:56:29

Operário é derrotado pelo Bragantino em casa e se afasta da Série A

Bragantino vence com tranquilidade e espera jogo do Sport para confirmar o título da Série B. - Foto: João Vitor Rezende.

Operário é derrotado pelo Bragantino em casa e se afasta da Série A
PublicidadeNEC

Na noite desta terça-feira (12), Operário e Bragantino se enfrentaram pela 35ª rodada da Série B no Estádio Germano Krüger. Com gols no início de cada tempo, o Fantasma perdeu por 2 a 0 e se afastou da disputa pelo acesso à Série A de 2020. Com o resultado, o Fantasma segue com 49 pontos, na 9ª colocação, oito atrás do quarto colocado, com nove pontos em disputa. Por outro lado, o Bragantino pode se consagrar campeão já nesta rodada se o Sport não vencer o confronto contra o Botafogo-SP amanhã (13). A equipe de Bragança Paulista chegou a 71 pontos.   

               

1º TEMPO

O confronto iniciou com o Operário no ataque. A equipe alvinegra sabia que precisava da vitória para seguir com chances de acesso à Série A e teve a oportunidade de abrir o placar com Lucas Batatinha, aos 4’. O camisa 9 do Fantasma recebeu de Felipe Augusto e bateu para a defesa de Julio César.

O Fantasma estava melhor na partida, mas sofria sustos nos contra-ataques do Bragantino. A equipe visitante não desperdiçou e abriu o placar logo aos 7’. Morato cruzou na medida para Ytalo que bateu forte, Rodrigo Viana chegou a tocar na bola, mas ela parou no fundo das redes do Fantasma.

Mesmo após o gol, o Operário seguiu no ataque e respondeu com Lucas Batatinha. Novamente o atacante do Fantasma teve a chance do gol, mas bateu para fora. Enquanto isso, o Bragatino seguia tentando criar as jogadas no ataque, com maior posse de bola durante a primeira etapa.

Ao final do primeiro tempo, o Fantasma ainda teve a possibilidade de empatar, mas pecou na finalização. Rafael Chorão teve a chance quando soltou uma bomba, mas Julio César, novamente, impediu o gol da equipe de Vila Oficinas. O Fantasma ainda teve a chance no chute de Felipe Augusto por cobertura, mas a bola saiu para fora. A primeira etapa terminou com vantagem do Bragantino no placar.

2º TEMPO

A etapa final iniciou diferente, desta vez era o Bragantino que pressionava no campo de ataque. De novo, o time de Bragança Paulista aproveitou a chance no ataque. O segundo gol começou na falha de Índio, passou pelos pés de Ytalo, até que Morato carregou e finalizou com precisão, ampliando o placar da partida, aos 8’.

Com o gol, Gerson Gusmão fez duas alterações na equipe para tentar modificar a forma de jogo. O técnico colocou John Lennon no lugar de Jardel e Uilliam no lugar de Felipe Augusto. Com isso, o lateral direito Maílton passou a ajudar no campo de ataque, como um terceiro atacante. Mesmo assim, o Fantasma teve dificuldade nas finalizações. Enquanto isso, a equipe visitante administrava o resultado e trocava passes no campo de ataque.

O atacante Uilliam foi quem esteve mais perto de diminuir a partida para o Fantasma. A melhor chance saiu quando o camisa 19 recebeu passe preciso e bateu forte para a defesa de Julio Cesár, aos 32’. O Fantasma não contava com uma noite inspirada do goleiro, nome do adversário na partida.

Ao fim do confronto, sobrou para o Operário partir para cima em busca de diminuir, mas a falta de efetividade no ataque impediu melhor desempenho no confronto. Com isso, o Fantasma perdeu mais uma partida em casa e deixou o sonho de acesso à Série A para 2020.  

 

PRÓXIMO JOGO

Ainda com chances de acesso matematicamente, o Operário encara o Guarani na próxima rodada. O confronto da 36ª rodada está marcado para sábado (16), no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas-SP, às 16h30.

 

FICHA TÉCNICA

Operário: Rodrigo Viana; Maílton, Lázaro, Rodrigo e Peixoto; Jardel (John Lennon), Índio, Marcelo e Rafael Chorão; Felipe Augusto (Uilliam) e Lucas Batatinha.

Técnico: Gerson Gusmão

 

Bragantino: Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Rafael Carioca (Edimar); Barreto, Uilliam Correia, Claudinho; Morato (Ricardo Ryller), Ytalo e Wesley.

Téc: Antônio Carlos Zago

 

Cartões amarelos: John Lennon, Lucas Batatinha (OFEC); Edimar, Wesley, Uillian Correia, Ligger (BGT)

Local/Data: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR) | 12/11/2019

Público pagante: 4.318

Público total: 4.944

Renda: R$51.040

Árbitro: Ramon Abatti Abel

Assistentes: Alex dos Santos e Gizeli Casaril

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/9028/operario-perde-em-casa-para-o-bragantino-e-deixa-matematicamente-briga-pela-serie-a" data-text="Operário é derrotado pelo Bragantino em casa e se afasta da Série A ">