Mailton e Felipe Augusto são alvos do Operário para permanência em 2020

Lateral-direito e atacante vieram por empréstimo e pertencem ao Mirassol (SP)

Mailton e Felipe Augusto são alvos do Operário para permanência em 2020

Mailton (esq.) já foi liberado e Felipe Augusto (dir.) ainda entrará em campo no próximo sábado contra o Figueirense - Foto: João Vitor Rezende

Suspenso para o último jogo na Série B e já liberado pelo Operário, o lateral-direito Mailton é um dos nomes que interessam ao Fantasma para a próxima temporada. Além dele, o artilheiro do clube na competição, Felipe Augusto, também é um jogador que a diretoria negocia para manter em Vila Oficinas visando 2020. Os dois atletas pertencem ao Mirassol (SP) e estiveram emprestados durante a disputa da segunda divisão nacional.

O diretor de futebol do clube, Carlinhos Albuquerque, explica que Mailton retornará à equipe paulista como um procedimento normal ao fim do empréstimo. “O Mailton vai voltar ao Mirassol, nós estamos falando com o presidente do clube com frequência e o Felipe Augusto também é do mesmo clube. Nós estamos negociando sim com esses dois jogadores que interessam ao Operário”, relata.

Na última semana, o Operário liberou outros três jogadores que vieram por empréstimo para a Série B, que não serão utilizados na partida contra o Figueirense: o lateral-esquerdo Julinho e os atacantes Cassio Ortega e Cleo Silva. Além destes, o zagueiro Edson Borges, que tinha vínculo definitivo, também foi dispensado.

Segundo o dirigente alvinegro, outros nomes que estão cedidos temporariamente também interessam e terão a situação avaliada após a última partida do clube nesta temporada. Estão nesta situação com vínculo ligado ao Fantasma até dezembro deste ano os seguintes jogadores: André Luiz emprestado pelo Toledo; Jonh Lennon oriundo do Juventude (RS); Cleyton cedido pelo Santa Rita (AL); Marcelo com contrato no Volta Redonda (RJ); e Uilliam vinculado à Ferroviária (SP).

PERMANÊNCIA DE EMPRESTADOS
O caso de Mailton assemelha-se com a situação do volante Erick no fim da temporada de 2018. O jogador pertencia ao PSTC e estava emprestado ao Operário quando integrou o plantel campeão da Divisão de Acesso do Paranaense e da Série C do Brasileiro no último ano. Para o diretor, esta é uma situação normal no futebol. “É difícil por serem dois jogadores que não pertenciam ao Operário. Tivemos esses casos de sucesso, mas também tivemos jogadores que chegaram por empréstimo e não deu certo”, afirma.

“O empresário nos garantiu de que é tudo especulação e não chegou nenhuma proposta pelo Mailton. Quando chegar alguma proposta, entrará em contato com o Alvaro [Góes, presidente do Grupo Gestor] e vai falar os valores. Quando aconteceu com o Erick, surgiu a proposta do Athletico e nós não tínhamos o que fazer pois ele era do PSTC. Mesmo assim, o Alvaro ofereceu um valor até maior, mas a vontade do atleta foi de ir ao Athletico”, complementa Carlinhos.

DESPEDIDA
O último compromisso do Fantasma nesta Série B do Campeonato Brasileiro será no próximo sábado (30), às 16h30, contra o Figueirense no Estádio Orlando Scarpelli. Após três dias de folga, a equipe voltou aos trabalhos nesta segunda-feira (25) com atividades na academia.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!