PublicidadeNEC

"Saímos fortalecidos e mais maduros da competição", destaca Gerson Gusmão

Treinador do Operário falou sobre diversos temas em entrevista coletiva

Por: João Vitor Rezende em 01/12/2019 10:27:10 atualizado em 01/12/2019 10:38:21

"Todos nós precisamos evoluir", declarou o técnico alvinegro após a partida contra o Figueirense - Foto: João Vitor Rezende

PublicidadeNEC

Após a última partida do Operário Ferroviário nesta Série B do Campeonato Brasileiro, o técnico Gerson Gusmão projetou os próximos passos do clube em entrevista coletiva. Neste sábado (30), o Fantasma ficou no empate por 1 a 1 com o Figueirense no Estádio Orlando Scarpelli.

O treinador alvinegro analisou a primeira Série B da carreira e comentou também sobre a 'dança das cadeiras' durante a semana na Série A. Confira as principais declarações:

ANÁLISE DO JOGO
"A gente veio pra vencer o jogo, pra terminar da melhor maneira possível. Sabíamos que o Figueirense tentaria terminar bem, por tudo o que passou na competição e estava jogando frente ao seu torcedor. Dentro da nossa proposta de jogo de não modificar muito o que vinha sendo feito e depois, na reta final do jogo, a gente precisava de um pouco mais de força na frente e o jogo estava se desenhando pra essa bola no pivô. A bola não estava chegando como a gente pretendia, por isso colocamos mais um jogador por ali [Bruno Batata]".

PRIMEIRA SÉRIE B DA CARREIRA
"Foi um ano de muita coisa diferente pra todos no clube e a gente tira muitas lições. A gente tinha uma ideia do que era a Série B, a partir do momento que você está dentro dela e começa a conversar com alguns atletas, a gente se depara com o tamanho do investimento necessário pra uma competição dessas. Todos nós precisamos evoluir, algumas coisas temos que repensar pra crescer e outras deram resultado. O que serviu pra esse ano na Série B, talvez já não sirva para o próximo ano. Saímos fortalecidos e mais maduros dessa competição".

RENOVAÇÕES
"Esses contatos já começaram há mais tempo, a direção já está trabalhando há uns 20 ou 30 dias, com as prioridades que a gente estabeleceu. Conversamos com alguns atletas, outros esperamos um pouco mais, pois sabíamos que seriam atletas que não teriam um mercado tão grande e outros ainda nem conversamos. Depende de muita coisa, estamos especulando nomes no mercado e precisamos definir isso pra depois não ficarmos com um grupo muito inchado e aumentar nossa qualidade. Não dá pra sair renovando com todo mundo e depois aparece um bom nome no mercado e você não pode contratar. Da mesma maneira, não dá pra descartar todos os atletas e depois você não consegue um atleta numa condição melhor".

LEIA MAIS
Na despedida da Série B, Operário e Figueirense ficam no empate
Coritiba e Atlético-GO conquistam o acesso na última rodada da Série B

CRÍTICAS À REMANESCENTES DO ELENCO
"Presenciamos isso não só com o Chicão, mas com outros atletas também, e acho que a gratidão é uma qualidade importante pro ser humano. Tudo o que esses atletas fizeram, tem que ser valorizado. Claro que ninguém é eterno em lugar nenhum, mas o que foi feito não pode ser esquecido. Toda vez que o torcedor do Operário ver a camisa e olhar as estrelas, ele vai lembrar de quem ajudou a trazer esses títulos".

TROCA DE TREINADORES NA SÉRIE A
"Isso foi muito discutido quando estive na CBF, pela falta de ética de alguns clubes, mas também pela falta de ética de alguns profissionais. No futebol brasileiro, falar é muito superficial, você tem que sentir na pele algumas coisas que a distância não sabemos o que aconteceu. Mas é uma situação que não é normal e que gera insatisfação de alguns clubes, torcedores, dirigentes, e nós profissionais que cobramos isso, as vezes temos que entender e respeitar algumas situações. Tanto se briga pra ter uma segurança, pra ter continuidade, mas a gente também tem que pensar em valorizar o clube em que a gente está trabalhando. Recebi alguns convites bons de outros clubes e recusei, pela palavra que eu havia dado, em respeito ao clube e não me arrependo disso".

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/9119/saimos-fortalecidos-e-mais-maduros-da-competicao-destaca-gerson-gusmao" data-text=""Saímos fortalecidos e mais maduros da competição", destaca Gerson Gusmão">