Manutenção dos ‘recém-chegados’ na Série B não acontecia desde 2010

De 2011 a 2018, pelo menos um dos recém-chegados esteve entre os rebaixados

Manutenção dos ‘recém-chegados’ na Série B não acontecia desde 2010

O Operário, assim como os outros três times que conquistaram o acesso em 2017, terminou a Série B entre os 10 primeiros - Foto: João Vitor Rezende

PublicidadeNEC

A Série B do Campeonato Brasileiro de 2019 terminou no último sábado (30). Foram promovidos à Série A Bragantino, Sport, Coritiba e Atlético-GO. No Z-4, ficaram Londrina, São Bento, Criciúma e Vila Nova, rebaixados para a Série C. Essa foi a primeira vez desde 2010 que nenhum dos times que conquistaram o acesso no ano anterior foi rebaixado na sequência. 

Operário, Cuiabá, Bragantino e Botafogo, que subiram para a Série B através da Série C de 2018, se mantiveram na Série B em 2019 - o Bragantino até fez mais e foi o campeão da Segunda Divisão Nacional. O feito é um marco, já que de 2011 a 2018, pelo menos um dos recém-chegados na Série B não conseguia se manter na nova divisão e acabava entre os rebaixados. 

O último ano em que os quatro times que conquistaram o acesso na Série C do ano anterior permaneceram na Série B foi em 2010. Os recém-chegados da C de 2009 eram ASA, ICASA, América-MG e Guaratinguetá. Da disputa da B de 2010, caíram Esporte Clube Santo André, Ipatinga, Braziliense e América-RN. 

Vale destacar ainda que os quatro times que conquistaram o acesso em 2018 terminaram a Série B deste ano no ‘top 10’. O Bragantino foi campeão com 75 pontos. Cuiabá, Botafogo e Operário ficaram em 8º, 9º e 10º lugar respectivamente, com 52, 50 e 50 pontos.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC