Orçamento do Operário sobe 25% em relação à 2019; prioridade será o elenco

Diretoria vai investir mais recursos em jogadores na temporada 2020

Orçamento do Operário sobe 25% em relação à 2019; prioridade será o elenco

Elenco do Operário chegou à reta final da Série B com 36 atletas; em 2019, time será reduzido para 28 peças para investir em qualidade - Foto: José Tramontin

PublicidadeNEC

Com um ano de ‘experiência’ na Série B do Brasileiro, o Operário Ferroviário quer fazer diferente na próxima temporada. O orçamento do clube, que era de 15 milhões em 2019, passa a ser de 20 milhões para o próximo ano. O incremento é de 25%. 

Em 2020, o alvinegro também não precisará separar recursos para obras no Estádio e as categorias de base serão mantida com valores da Lei de Inventivo ao Esporte, o que favorece o planejamento orçamentário do time.

Pensando na disputa do Campeonato Paranaense e da Copa do Brasil, e sonhando com um acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, a diretoria do Operário quer investir o valor ‘extra’ em elenco. Para isso, o clube corre atrás de boas alternativas no mercado que se enquadrem no que o Operário pode oferecer. 

“A opção nossa dessa vez é qualidade e não quantidade. Então estamos tentando contratar jogadores que venham realmente fazer diferença, com mais qualidade e menos quantidade. O objetivo nosso é ir de 36 jogadores que foi ano passado, para 28. Mas não está fácil contratar jogadores, está tudo supervalorizado, o Campeonato Paulista paga muito caro. Mas estamos trabalhando e a intenção é essa. O orçamento subiu 5 milhões porque a gente realmente vai investir em um time para subir”, afirma Álvaro Góes, presidente do Grupo Gestor.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC