Operário segura o São Paulo e arranca empate na estreia da Copa São Paulo

Fantasma ficou na igualdade sem gols em São Bernardo do Campo

Operário segura o São Paulo e arranca empate na estreia da Copa São Paulo

Gabriel Vieira teve uma das melhores oportunidades do Fantasma no primeiro tempo - Foto: José Tramontin/Operário Ferroviário

A missão não era simples, mas o Operário Ferroviário - debutante na Copa São Paulo de Futebol Junior - conseguiu segurar o atual campeão: o São Paulo. O placar de 0 a 0 na tarde deste sábado (4), em São Bernardo do Campo, foi comemorado pelo Fantasma, que soma o primeiro ponto no Grupo 29.

O desempenho da equipe foi de igual para igual nos 45 minutos iniciais. O Tricolor só foi superior na segunda etapa, quando os alvinegros sofreram mais com a parte física.

1º TEMPO

A pressão que poderia aparecer para cima do estreante Operário parece ter passado para o lado oposto. O Fantasma controlou o primeiro tempo com postura tática eficiente e forçando os erros do atual campeão São Paulo.

Jogando de maneira ofensiva, o Fantasma também abria alguns espaços no sistema defensivo. Por duas vezes o Tricolor chegou pelo flanco direito. Na primeira, Vitinho finalizou e Fernando afastou o perigo. Pouco depois, o lateral Anilson cruzou, mas viu a bola passar por todo mundo.

O Operário foi o único que assustou diretamente ao goleiro adversário. Aos 36 minutos, Gabriel Vieira partiu para cima da marcação e bateu de canhota. O goleiro Matheus Cunha tirou com o pé.

2º TEMPO

Com Juan na vaga de Kevin, o São Paulo começou a etapa complementar no ataque. Em cobrança de falta do volante Ed Carlos, o goleiro Fabrício foi obrigado a fazer duas intervenções importantes. Um minuto depois, Anilson cruzou e Galeano cabeceou por cima.

O terceiro lance de perigo veio aos 15 minutos, quando Matheus soltou uma bomba de longe e viu a bola passar perto da meta alvinegra.

Perto dos 30 minutos, o Operário fez as primeiras mudanças na equipe: o centroavante Petric deixou o gramado para a entrada de Jefferson; pouco depois foi a vez de Lucas Rosa entrar na vaga de Gabriel Vieira.

As alterações não surtiram tanto efeito técnico nos minutos finais. O Fantasma ainda sofria com a parte física. Precisando segurar a situação, o técnico Joel Preisner colocou o zagueiro Rodrigo no lugar do volante Tibagi. A equipe ainda tomou sustos. O lateral Sena, o meia Tales Costa e o atacante Juan passaram perto, mas não furaram o goleiro Fabrício.

PRÓXIMO JOGO

O Operário volta a campo na terça-feira (7), quando o adversário será o time da casa: o EC São Bernardo (SP). A bola vai rolar pela segunda rodada da fase de grupos às 19h15 no Estádio Primeiro de Maio.

FICHA TÉCNICA

Operário: Fabrício; Robinho, Zemarcio, Fernando e Gabriel; Douglas, Tibagi (Rodrigo) e Léo; Gabriel Vieira (Lucas Rosa), Alemão e Petric (Jefferson). Técnico: Joel Preisner

São Paulo: Matheus Cunha; Anilson (Sena), Matheus, Fasson e Welington; Marcos Junior, Ed Carlos e Talles Costa; Vitinho (Maia), Galeano (Ricardinho) e Kevin (Juan). Técnico: Orlando Ribeiro

Cartões amarelos: Anilson (SPO); Fernando e Tibagi (OFEC)

Local/Data: Estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo (SP) | 04/01/2020
Árbitro: Gabriel Henrique Meira Bispo (SP)
Assistentes: Marcos Santos Vieira (SP) e William Rodrigues Deodato (SP)
Quarto árbitro: Marcelo de Jesus Santos (SP)

Compartilhe essa notícia com seus amigos!