Joel analisa partida do Operário e se preocupa com condição física do time

Elenco volta a campo já neste domingo (12), para enfrentar o Santa Cruz

Joel analisa partida do Operário e se preocupa com condição física do time

O Operário Ferroviário garantiu a classificação na Copinha vencendo o Palmeira (RN) por 3 a 1 - Foto: José Tramontin/ OFEC

Vencer o Palmeira (RN) por dois gols de vantagem era a meta do técnico Joel Preisner para o confronto que decidia a classificação do Operário Ferroviário para a segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Cumprida a missão, o treinador avaliou o desempenho da equipe alvinegra e considerou a apresentação boa de forma geral. 

“Fizemos um jogo equilibrado, mas sofremos alguns riscos atrás no segundo tempo com a pressão do adversário que estava com um jogador a mais. Tivemos novamente que fazer duas linhas de quatro e um jogador somente na frente. Em um todo, foi bom. Alguns jogadores não renderam aquilo que a gente esperava, mas taticamente fomos bem e fisicamente suportamos bem”, avalia Joel. 

Agora o Operário tem menos de dois dias para pensar no Santa Cruz, adversário da segunda fase. Antes do desafio contra o Palmeira, a comissão técnica do Fantasma chegou a viajar para assistir uma partida do adversário e conhecer o estilo de jogo.

“O grande desafio agora é recuperar os nossos jogadores para o jogo de domingo. O Santa Cruz foi favorecido porque jogaram na quinta à tarde, três dias para descansar. Um adversário difícil, tecnicamente muito bom, mas pelo que vimos temos condição. Respeitando sempre a equipe adversária, mas queremos fazer história novamente”, afirma o treinador. 

O confronto contra o Santa Cruz é neste domingo (12), às 15 horas, em Guarulhos.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!