'Regularidade': Zagueiro Sosa fala sobre a mentalidade do Operário para 2020

Sosa voltou aos jogos neste ano depois de problemas de saúde em 2019

'Regularidade': Zagueiro Sosa fala sobre a mentalidade do Operário para 2020

Sosa esteve no time titular nos dois jogos-treinos realizados pelo elenco do Operário na pré-temporada - Foto: João Vitor Rezende

PublicidadeNEC

Atleta do Operário Ferroviário desde 2015, o zagueiro uruguaio Juan Sosa está prestes a iniciar sua sexta temporada no clube alvinegro. Em 2019, Sosa atingiu 100 jogos com a camisa do Fantasma. Atualmente, tem 112 jogos oficiais feitos e oito gols marcados. Em julho de 2019, Sosa foi internado e posteriormente diagnosticado com tromboembolismo pulmonar. A doença deixou o atleta longe dos gramados o restante da temporada, mas Sosa continuou fazendo trabalhos físicos e treinando. Em 2020, volta a ficar à disposição do técnico Gerson Gusmão. 

"Eu me preparei bastante, treinei muito e aproveitei muito esse período que eu não podia jogar. Comecei junto com todos a pré-temporada e esperamos fazer um grande ano. É um período longo sem ritmo de jogo, e por isso tentei aproveitar bastante os jogos-treino para recuperar esse ritmo. Mas não somente eu, todos os meus companheiros, vamos adquirindo isso durante a competição", afirma Sosa.

Mesmo tendo ficado afastado dos jogos decisivos do Operário na reta final da Série B, Sosa reconhece que o ano de 2019 trouxe aprendizados importantes que vão influenciar a postura da equipe nesta temporada. 

"Toda competição que o Operário vai jogar é de suma importância. Em 2019, a Série B principalmente serviu como exemplo, aprendemos bastante coisa, acertamos e erramos. Esperamos que em 2020 a gente erre menos e faça um ano melhor", ressalta. "Principalmente a regularidade. É importantíssimo para ter uma boa competição tanto no Estadual, quanto na Copa do Brasil ou na Série B. Neste ano temos mais convicção, pelo 2019, e esperamos fazer um grande campeonato não só dentro de casa, mas fora de casa também", completa. 

Sendo um dos jogadores que está há mais tempo na casa, junto do lateral esquerdo Peixoto, neste ano Sosa viu a 'base' do time ser modificada e tenta dar suporte aos doze jogadores contratados que vestirão a camisa alvinegra em 2020. "É um início mais difícil. Pelo tempo de casa, a gente tem dado tranquilidade e o que eles precisam para se sentir bem e fazer o melhor de cada um deles", analisa o zagueiro. 

O elenco do Operário entra em campo no próximo domingo (19), às 16 horas. A estreia no Paranaense 2020 é contra o Cascavel CR, no Estádio Germano Krüger. 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC