Maus analisa pré-temporada do OFEC e confia em melhora 'treino a treino'

Preparador físico fala dos aprendizados de 2019 e projeto para 2020

Maus analisa pré-temporada do OFEC e confia em melhora 'treino a treino'

Eduardo Maus é o responsável pela preparação física do elenco do Operário Ferroviário desde a temporada 2018 - Foto: José Tramontin

PublicidadeNEC

A pré-temporada do Operário Ferroviário para o Campeonato Paranaense de 2020 foi curta. Parte dos atletas, a maioria remanescentes, se apresentou no dia 26 de dezembro. O restante, apenas em torno do dia 2 de janeiro. Com isso, a preparação do time alvinegro teve cerca de 15 dias antes da estreia no Estadual que acontece neste domingo (19). 

"Com 15 dias dificilmente você consegue deixar a equipe 100%.O 100% de cada atleta é muito difícil. Treino a treino, tentamos dar uma situação para cada jogador para que ele faça o máximo. Não tem como colocar treino em cima de treino porque você pode lesionar, fadigar para o próximo treino. O objetivo de iníco agora é trabalhar durante a semana, colocar o jogador que estiver em melhores condições para jogar e ir trabalhando os outros jogadores", afirma Eduardo pensando na estreia contra o Cascavel CR. 

Tendo as experiências de 2019 como bagagem, o preparador físico Eduardo Maus quer evolução principalmente na prevenção de lesões e na recuperação de atletas. 

"Fizemos um parâmetro dentro do setor da preparação física e vimos que a gente atingiu números bons de condicionamento dentro do próprio jogo, de ações dos jogadores, de quilometragem de jogo [em 2019]. Houveram casos de lesões e lesões de futebol é normal que aconteça, mas tiveram casos que aconteceram mais de uma vez. Então, com os dados que pegamos, nesse ano já começamos a trabalhar mais em cima disso, ter um controle melhor de quando o jogador machuca e depois quando volta", explica. 

"Já conseguimos comprar alguns equipamentos que possam nos auxiliar nessa parte e estamos começando melhor, com um controle melhor", garante Maus.

O começo de ano, para o preparador, tem sido diferente pelas expectativas em torno do 2020 e pelo pouco tempo de trabalho antes do início oficial das competições. Entretanto, Maus reforça que, assim como 2019, o grupo tem objetivos a serem cumpridos e está determinado.

"No ano passado colocamos como primeiro objetivo na Série B se manter e depois começamos a buscar outras colocações, o 10º lugar, o 7º. Nesse ano não foi diferente. Foi montado um grupo competitivo para chegarmos às fases finais do estadual e melhorar no Brasileiro, fazer aquilo que a gente não conseguiu fazer", analisa.

 Operário e Cascavel CR jogam neste domingo (19), às 18 horas. A estreia do Fantasma no Estadual 2020 acontece dentro de casa, no Estádio Germano Krüger.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!