Operário Ferroviário estreia com vitória diante do Cascavel CR dentro de casa

Schumacher fez o gol que deu o resultado positivo ao Fantasma

Operário Ferroviário estreia com vitória diante do Cascavel CR dentro de casa

Operário Ferroviário abriu o placar em Vila Oficinas aos 2 minutos do segundo tempo, com gol de Schumacher, camisa 9 - Foto: João Vitor Rezende

O Operário Ferroviário venceu o Cascavel Clube Recreativo neste domingo (19), pela 1ª rodada do Campeonato Paranaense 2020. No Estádio Germano Krüger, o Fantasma foi melhor que o rival nos 90 minutos de jogo, mas mostrou dificuldades de entrosamento e na precisão das finalizações. O gol do alvinegro foi marcado pelo atacante Schumacher.

PRIMEIRO TEMPO

Apostando em uma formação com três homens de frente e tendo cinco recém-contratados estreando como titulares, o técnico Gerson Gusmão conseguiu construir um time ofensivo sem correr grandes riscos. Nos vinte primeiros minutos do jogo, só o Operário atacou, mesmo sem muita criatividade.

O meia Cleyton aparecia nas jogadas de bola paradas. Douglas Coutinho, Régis Potiguar e Douglas Nascimento assustaram o goleiro Fernando no início da partida. Aos 22 minutos, o Cascavel teve o primeiro ataque perigoso quando Bruno Rodrigues chutou com força para o gol de André Luiz e a bola passou por cima colada na meta. 

O Operário seguiu melhor ofensivamente. Aos 26, Jardel, no fundo do campo, colocou a bola na frente. Danilo infiltrou bem, construiu a jogada, mas não quis finalizar. A bola chegou em Cleyton, no meio, que acabou se perdendo e também desperdiçou. Foi Cleyton que, minutos depois, teve outras duas chances - em uma delas, tentou uma bicicleta, mas a bola foi por cima do gol de Fernando. 

Aos 44, o alvinegro teve a última grande chance de ir aos vestiários com vantagem. Douglas Coutinho recebeu a bola do goleiro André Luiz e disparou, mas se precipitou na finalização. Ao invés de desviar os marcadores, chutou cedo demais e facilitou o trabalho do goleiro. Tudo igual na primeira etapa. 

SEGUNDO TEMPO 

Voltando para a segunda etapa, Gersinho colocou Tomás Bastos no lugar de Régis Potiguar. O CCR, que já havia feito uma mudança nos acréscimos da primeira etapa, fez mais uma para iniciar a segunda etapa: Luciano no lugar de Roberth.

O segundo tempo começou com pressão. O Operário apertava mais em busca do gol e, logo nos primeiros minutos, construiu jogadas. Douglas Coutinho e Lucas Batatinha tiveram a primeira chance. Instantes depois, depois de uma bola parada batida por Cleyton, a bola pipocou na área, passou por todo mundo e acabou em Schumacher, que encheu o pé para fazer o gol: 1 a 0 em Vila Oficinas. 

Aberto o placar, o Cascavel CR passou a finalizar e se arriscar mais. Apesar de levar perigo, também dava mais espaços para o elenco do Operário. Lucas Batatinha, Cleyton e Sávio criaram jogadas, sem êxito. 

Aos 21 minutos, Gerson Gusmão tirou o atacante Lucas Batatinha e colocou um meia, Rafael Chorão, para dar mais segurança ao time. Aos 33, Gersinho repetiu a dose da estratégia e tirou Douglas Coutinho para colocar Fábio. 

Quando o Cascavel CR finalizava, era em chutes de longe, assustando pouco o goleiro André Luiz. Cleyton finalizou à distância, com força, quando o cronômetro marcava 36 minutos. A bola ‘lambeu’ a trave. Um minuto depois, o time teve outra chance, mas Danilo chegou tarde e não conseguiu empurrar para o gol. 

Até o apitar do árbitro o Fantasma foi melhor, mas não conseguiu ampliar. O autor do primeiro gol teve uma nova chance nos últimos minutos do tempo regulamentar, mas o goleiro defendeu. No rebote, a bola foi parar nos pés de Rafael Chorão, que não pegou bem na bola e acabou perdendo a chance.

O GOL

PRÓXIMO JOGO

O Operário Ferroviário volta a jogar na próxima quarta-feira (22), pela 2ª rodada do Campeonato Paranaense 2020. O confronto é contra o FC Cascavel, em Cascavel, a partir das 20 horas. 

FICHA TÉCNICA

CCR: Fernando; Roberth (Luciano), Marco Matheus, Cristian, Lapa; Vitor Diego, Bruno e Gustavo (Pedro Igor); Rone, Renato (Marquinhos) e Louback. Técnico: Luis Miguel.

Operário: André Luiz; Sávio, Douglas Nascimento, Sosa e Danilo; Jardel, Régis Potiguar (Tomás Bastos) e Cleyton; Lucas Batatinha (Rafael Chorão), Douglas Coutinho (Fábio) e Schumacher. Técnico: Gerson Gusmão.

Cartões amarelos: Régis Potiguar, Douglas Nascimento e Cleyton (OFEC); Diego Lopes, Lapa e Luciano (CCR)
Gol: Schumacher, aos 2 minutos do 2º tempo

Local/Data: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa | 19/01/2020
Arbitragem: Gustavo Nogas, assistido por Alexsandro Euzébio da Silva e Marco Antônio dos Santos Pepe
Público e renda: 3452 pagantes | 3845 total | R$ 72.505,00  

Compartilhe essa notícia com seus amigos!