Clubes proíbem venda de mandos e rejeitam limite na troca de técnicos

Participantes seguem diretriz determinada também na Primeira Divisão

Clubes proíbem venda de mandos e rejeitam limite na troca de técnicos

Representantes de clubes da Série B estiveram no RJ; Álvaro Góes representou o Operário - Imagem: CBF TV

PublicidadeNEC

Os representantes dos 20 clubes que participam da Série B do Campeonato Brasileiro 2020 se reuniram na sede da CBF para o Conselho Técnico da competição nesta sexta-feira (28). Durante a reunião foram debatidas normas para a disputa da competição.

O Conselho da Série B seguiu diretrizes definidas para a Série A. Com isso, na Série B 2020 também ficou proibida a venda de mandos de campo. Em compensação, os dirigentes rejeitaram a proposta de limitar o número para troca de treinadores.

Cada participante poderá inscrever um total de 40 atletas até o dia 3 de agosto, com mais oito trocas na lista até o prazo definido do dia 21 de setembro. Nos demais aspectos, a Série B segue com os mesmos moldes da temporada passada.

O Departamento de Competições da CBF aproveitou a oportunidade para apresentar dados sobre a realização da Supercopa do Brasil, as campanhas de respeito à arbitragem e de fomento ao público nos estádios. O Diretor de Registro, Transferência e Licenciamento de Clubes, Reynaldo Buzzoni, apresentou as regras de licenciamento para a disputa da competição, com destaque para a implementação do programa de fair play financeiro.

DATAS

A Série B 2020 está marcada para começar no primeiro fim de semana de maio. A data-base para a primeira rodada é nos dias 1º, 2 e 3 de maio, enquanto a última rodada deve ser disputada no dia 28 de novembro.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!