Operário, Cianorte e FC Cascavel têm os menores prazos de paralisação

Todos os clubes estão parados; Rio Branco teve que dispensar funcionários

Operário, Cianorte e FC Cascavel têm os menores prazos de paralisação

Campeonato Paranaense foi suspenso após o fim do primeiro turno do Estadual - Foto: João Vitor Rezende

Todos os oito clubes classificados para o segundo turno do Campeonato Paranaense 2020 anunciaram a paralisação de suas atividades após a suspensão do calendário de jogos da Federação Paranaense de Futebol (FPF). Sem saber quando vão voltar a campo, os jogadores e comissão técnica foram liberados de seus trabalhos, a fim de se prevenirem da COVID-19, o novo coronavírus. 

Rio Branco, Operário Ferroviário, Paraná Clube, Coritiba e Londrina anunciaram, ainda na noite de segunda-feira (16), após a nota da FPF, a suspensão de treinamentos e atividades nos clubes. Athletico Paranaense confirmou a paralisação no início da manhã de terça-feira (17). Na sequência, o Cianorte também fez o anúncio. FC Cascavel foi o último, no início da tarde de terça (17). 

Athletico, Coritiba, Paraná Clube não definiram um prazo para retomarem treinos - em suas notas oficiais, afirmaram que comissão técnica e atletas ficarão em casa até segunda ordem. Londrina definiu prazo inicial de quinze dias para reapresentação. Três clubes, a princípio, só vão parar nesta semana: Operário definiu liberação até segunda-feira (23). Cianorte, adversário do Fantasma nas quartas, fez o mesmo, mas a base ficará sem atividades por tempo indeterminado. FC Cascavel também suspendeu treinos somente até segunda-feira (23) e deu prazo de 15 dias para a base.

Dos oito classificados, o Rio Branco é o único que não tem calendário em 2020 além da competição estadual. O surto do coronavírus e a suspensão dos jogos pela FPF foi mais alarmante para este clube, em específico. Na noite de terça-feira (17), nas redes sociais do Rio Branco, o anúncio: a diretoria definiu dispensar o técnico Tcheco, a comissão técnica, atletas e funcionárioos, por não ter como arcar com salários sem as competições acontecendo.

"Todos foram orientados a retornarem às suas residências para evitar o contágio da COVID-19. A liberação também vem de encontro com a realidade financeira do clube, que inviabiliza manter as atividades sem data exata para retorno. Agradecemos a todos pelos objetivos conquistados neste estadual e seguiremos aguardando as definições", expôs o clube.   

Compartilhe essa notícia com seus amigos!