Sem renda na pandemia, AAFA rifa camisa comemorativa do Operário

Associação precisa de ajuda para manter sede fixa em Vila Oficinas

Sem renda na pandemia, AAFA rifa camisa comemorativa do Operário

Sede da AAFA é estúdio do Papo de Boteco e abriga acervo importante do Fantasma - Foto: Divulgação

PublicidadeNEC

A Associação Avante Fantasma (AAFA) - formada por torcedores do Operário Ferroviário responsáveis pela manutenção de artigos históricos do clube centenário - precisa de ajuda no período de pandemia. Por isso, o grupo está organizando um meio alternativo de arrecadação: uma rifa vai premiar um dos contribuintes com a camisa comemorativa de 108 anos do Fantasma - alvinegra sem patrocínios.

Cada bilhete para concorrer ao prêmio custa 10 reais. E para contribuir com o distanciamento social, os números podem ser adquiridos com depósito em conta bancária. Haverá opções nos seguintes bancos: Sicredi, Banco do Brasil, Bradesco, Santander, Itaú, Caixa Econômica Federal, Nubank e Pagseguro.

Os integrantes da Associação estão responsáveis pela divulgação e venda da rifa. Para pegar o número das contas de depósito, basta entrar em contato com a AAFA pelas redes sociais ou pelo WhatsApp: (42) 9 9872-0770 (Dyego Marçal).

Caso o contribuinte queira comprar presencialmente a rifa, estará disponível na Cachaçaria Engenho 227 (Rua XV de Novembro, 284 - Centro); Salvare Centro Médico Veterinário (ao lado do Shopping Palladium); e Alessi Acessórios.

DIFICULDADES

O período sem jogos deixou a Associação Avante Fantasma (AAFA) sem receita de apoiadores e vem dificultando a manutenção da sede, que fica na Avenida Visconde de Mauá, 655 - próxima ao Estádio Germano Krüger.

Além de ser ponto de concentração de torcedores antes e após jogos do Operário, a sede da AAFA abriga um grande acervo da história do clube (acessível ao público) e também é o estúdio do programa semanal 'Papo de Boteco' - há sete anos no ar.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!