Cleyton é pego no antidoping e está afastado de jogos do Operário

Meia testou positivo para dexametasona em partida da Série B 2019

Cleyton é pego no antidoping e está afastado de jogos do Operário

Cleyton está suspenso preventivamente das atividades oficiais do Operário - Foto: José Tramontin/Operário

PublicidadeNEC

O Operário Ferroviário Esporte Clube comunicou na manhã desta quinta-feira (16) que o meia Cleyton foi suspenso preventivamente pelo Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem, que apura eventual infração ao artigo 9º do Código Brasileiro Antidopagem. O período da suspensão perdura até que se tenha uma decisão em definitivo.

Em comunicado, o clube esclarece que o atleta testou positivo para a substância Dexametasona da classe Glucocorticóide. O exame antidoping foi realizado no dia 12 de agosto do ano passado, após a partida contra o Red Bull Bragantino, válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2019. Na oportunidade, o Operário perdeu por 4 a 0 para a equipe de Bragança Paulista fora de casa.

"O Operário informa que está dando todo o suporte necessário ao atleta, que sempre desempenhou as suas funções com muito profissionalismo e ética", diz a nota do Fantasma.

DEXAMETASONA

A dexametasona tem efeitos anti-inflamatórios e analgésicos, e está na lista de substâncias proibidas da Agência Mundial Antidopagem (AMA), que só permite seu uso mediante aviso prévio do médico responsável pelo jogador.

No mês passado, por coincidência, a substância começou a ser usada no tratamento da Covid-19.

Em 2017, o zagueiro espanhol Sérgio Ramos, do Real Madrid, foi pego com a substância após a final da Champions League contra a Juventus. Na oportunidade, a UEFA foi acusada de encobrir o caso.

* Com informações da Assessoria

Compartilhe essa notícia com seus amigos!