Projeto entre UEPG e OFEC é aprovado no 'PROESPORTE'; PG totaliza 5

Programa do Fantasma com a Universidade envolve futebol e cidadania

Projeto entre UEPG e OFEC é aprovado no 'PROESPORTE'; PG totaliza 5

Projeto usará espaço do Centro de Treinamento do Fantasma, na UEPG - Foto: José Tramontin/Operário

PublicidadeNEC

A Superintendência Geral do Esporte divulgou nesta semana o resultado da 3ª e última etapa da seleção referente ao Programa Estadual de Fomento e Incentivo ao Esporte - PROESPORTE. Foram selecionados ao todo 73 projetos nas cinco áreas, do esporte regular e voltado às pessoas com deficiência. Ponta Grossa totalizou cinco aprovações. Entre elas está a do projeto 'Jogando futebol, construindo cidadania - UEPG/Operário Ferroviário'.

O programa que envolve o Fantasma é destinado a jovens atletas de categorias de base entre 12 e 15 anos. Ele deve acontecer nos campos do Centro de Treinamento do Operário, que fica aos fundos do Departamento de Educação Física da Universidade Estadual de Ponta Grossa.

A iniciativa poderá captar R$ 98.201,84 por meio do programa de incentivo. O projeto pode começar quando captar 70% da meta financeira estipulada.

O projeto de futebol de base e cidadania contempla não só os jovens atletas, os professores e estagiários de Educação Física, mas também pretende investir na contratação de estagiários das áreas de pedagogia e serviço social para darem auxílio aos profissionais dessas áreas do Operário.

A cidade de Ponta Grossa ainda ostenta outras quatro aprovações. São elas: 'Projeto Escola do Taekwondo' (R$ 49.420,00), 'Paraenduro equestre: treinamento e participações em competições' (R$ 149.105,30), 'Paraenduro equestre: organização do Campeonato Paranaense' (R$ 147.020,00), e 'Tênis para Todos' (R$ 100.000,00).

PARANÁ

Os 104 projetos aprovados no início totalizaram R$ 12.764.493,53 - valor acima dos R$ 8 milhões destinados em renúncia fiscal para o Edital 01/2019, razão pela qual foi necessária a seleção final de 73 programas propostos.

“Representa um marco histórico na implementação da política de incentivo ao esporte do Estado do Paraná, pois oportuniza ações capazes de sensibilizar os cidadãos quanto à importância da prática do esporte ao longo de toda a vida. Além disso, asseguram oportunidades e condições de acesso, incentivando o desenvolvimento dos talentos esportivos paranaenses”, expõe o superintendente geral do Esporte, Helio Wirbiski.

* Com informações da Assessoria

Compartilhe essa notícia com seus amigos!