PublicidadeNEC

Caramuru busca superar ansiedade pela primeira vitória na Arena

Equipes esperam jogo equilibrado pelos primeiros pontos no returno

Por: Felipe Gustavo em 16/02/2018 20:45:04 atualizado em 09/11/2018 09:06:30

Caramuru busca superar ansiedade pela primeira vitória na Arena
Caramuru ainda não venceu em casa. Foto: José Tramontin/Ponta Grossa Caramuru

O Ponta Grossa Caramuru tem uma difícil missão contra o Maringá no sábado (17) na Arena Multiuso. A equipe alvinegra recebe os lanternas do campeonato pela sexta rodada do returno da Superliga de Vôlei, procurando quebrar o tabu de não ter vencido em casa pela competição.


Embora ocupe a 10ª posição na tabela e possua uma certa folga em relação a zona de rebaixamento do torneio, com 11 pontos, sete a mais que o 11º colocado, a equipe de Ponta Grossa ainda procura o caminho para a vitória dentro de casa.


Fora de casa, o Tigre somou 9 pontos nas vitórias sobre Maringá, Juiz de Fora Vôlei (MG) e Montes Claros (MG). Dentro de casa a equipe conquistou apenas 2 pontos nas derrotas por 3x2 para Corinthians (SP) e Canoas/RS.


Do outro lado, o Maringá busca sobrevida no torneio. Com apenas dois pontos, os visitantes esperam um confronto equilibrado para sair com a primeira vitória na competição.


Para o treinador do Caramuru, Fábio Sampaio, a baixa experiência dos atletas e a ansiedade são dois fatores que atrapalharam a equipe na temporada. “Em momentos cruciais da partida, a nossa falta de experiência atrapalhou. Com o decorrer do campeonato, jogando fora, essa equipe foi vencendo a ansiedade, equilibrando algumas ações, em alguns momentos a tomada de decisão foi melhor escolhida”, explica.


No Maringá a situação não é diferente, o técnico Alessandro Fadul aposta na tranquilidade em quadra para buscar a vitória. “Sem dúvida nenhuma, o fato de não ter vencido traz uma ansiedade grande para todos. O importante é que nós entremos em quadra bem tranquilos, focados em fazer aquilo que cada equipe vem fazendo no dia a dia, buscando evolução, para que consigamos desempenhar bem o papel”, completa.


Trabalho psicológico


Além da experiência adquirida durante a competição, os alvinegros agora contam com uma psicóloga acompanhando os treinos da equipe. Para Sampaio o resultado é visível no desempenho dos atletas. “Nós estamos a alguns meses trabalhando com uma psicóloga que tem feito um trabalho excelente com os atletas. Todos os dias ela tem acompanhado os treinamentos. A gente já viu uma grande melhora em relação a isso”, avalia o treinador do Ponta Grossa.


Índio, capitão do Caramuru, espera um jogo equilibrado onde controlar a ansiedade e os erros pode fazer a diferença entre a vitória e a derrota. “Nosso trabalho tem sido diário. A gente treinou no carnaval, fez tudo que teve que fazer e sabe que é um jogo de paciência, de inteligência. O time que errar menos vai ganhar, a gente tem buscado isso, essa continuidade de acerto. É pensar para que o jogo dentro de casa não gere uma pressão da torcida, mas sim que o desempenho seja grande por treinarmos ali todo dia”, conclui.


O Ponta Grossa Caramuru enfrenta o Maringá na Arena Multiuso no sábado (17), às 20h. Os ingressos para a partida custam R$30, inteira, e R$15 meia-entrada.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Ponta-Grossa/5617/Contra-lanterna-Caramuru-busca-superar-ansiedade-para-primeira-vitoria-na-Arena" data-text="Caramuru busca superar ansiedade pela primeira vitória na Arena">
PublicidadeNEC