www.rodonorte.com.br

Árbitra de PG participa de feito inédito do basquete brasileiro

Evento nacional Sub-14 e Sub-16 tem só mulheres na arbitragem

Por: Redação NEC em 08/06/2018 22:16:28 atualizado em 10/10/2018 18:14:49

Gabriella (sentada, 2ª da direita para esquerda) tem 18 anos - Foto: CBB/Divulgação

Com 18 anos de idade, a ponta-grossense Gabriella Stacheski é a mais nova entre as 16 mulheres que comandam a arbitragem da Copa Brasil de Clubes Feminina Sub-14 e Sub-16. Gabriella passou por dias intensos de treinamentos físicos, estudo de regras e análise de vídeos até o início da competição, que é a primeira do país a ter uma arbitragem somente feminina.

“Essa experiência é incrível. Muitos não entendem o trabalho que é feito na arbitragem. Estar aqui com pessoas tão conhecidas e experientes, numa competição de nível nacional e que é a primeira da história do Brasil a ser composta inteiramente por mulheres, é indescritível”, destaca a árbitra.

Gabriella jogou pela cidade por quatro anos consecutivos, e chegou a vestir a camisa do Novo Basquete Ponta Grossa/CCR RodoNorte (NBPG). Em 2017, ela se formou em um curso de arbitragem aplicado por Diego Chiconato - árbitro internacional da modalidade.

“O fato de querer estar próxima do esporte o tempo todo me faz ter a certeza de que a carreira da arbitragem é a certa para mim”, conclui. A Copa Brasil de Clubes Sub-14 e Sub-16 ocorreu nesta semana na Sociedade Thalia, em Curitiba.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Ponta-Grossa/6236/Arbitra-ponta-grossense-participa-de-feito-inedito-do-Basquete-Brasileiro" data-text="Árbitra de PG participa de feito inédito do basquete brasileiro">
http://www.operarioferroviario.com.br/socio-torcedor/