PublicidadeNEC

Fantasma vira o jogo e vence o Joinville em partida eletrizante

Fora de casa e com jogador expulso, Operário faz 3 a 1 no Joinville

Por: Redação NEC em 08/07/2018 21:12:35 atualizado em 04/11/2018 17:48:48

Fantasma vira o jogo e vence o Joinville em partida eletrizante
Marcador do terceiro gol, Peixoto, é expulso durante a partida - Foto: Beto Lima/ JEC

Na 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, o Operário Ferroviário venceu de virada pelo placar de 3 a 1 o Joinville, de Santa Catarina, neste domingo (08), jogando na Arena Joinville. Após sair atrás no placar, o Fantasma conseguiu igualar no primeiro tempo e, na volta, abrir dois gols de vantagem.

Com o resultado, o Fantasma continua na liderança do Grupo B, com 29 pontos somados - 14 a mais que o Tombense, quinto colocado na tabela.

1º tempo

O confronto em Joinville começou bastante equilibrado, com os dois lados chegando às metas. Trabalhando bola no setor defensivo, o Operário Ferroviário agia com tranquilidade.

Aos 10 minutos, o Joinville apareceu com liberdade e arriscou, mas sem sucesso. Na resposta, Bruno Batata assustou o time da casa, mas o goleiro Matheus saiu para fazer a defesa e impediu o gol do Fantasma.

Sem se intimidar, o Joinville foi quem abriu o placar aos 24 minutos, quando o Operário deixou a bola sobrar no meio-campo. Eduardo Person carregou pelo lado direito até soltar em Grampola, que chutou cruzado em direção ao gol de Simão para que Zotti só precisasse completar no rebote, fazendo o primeiro da equipe catarinense.   

Depois de tomar o gol, o Operário manteve a confiança, mas falhava no lado esquerdo defensivo. Assim, a saída de Gerson Gusmão foi colocar Chicão para auxiliar na marcação desse setor. A partir daí, o Fantasma começou a se organizar melhor no confronto.

Com 39 minutos jogados, outro contra-atraque perigoso do Joinville apareceu, para defesa extraordinária do goleiro Simão. Afastado o susto, o Operário elevou o volume de jogo.

No último lance, aos 47 do primeiro tempo, para igualar o placar antes do intervalo, Robinho iniciou uma jogada que parou nos pés de Rafinha. O jogador cruzou na área e deixou para que Gualberto, do Joinville, finalizasse, ao chegar tarde na área e empurrar com a cabeça.  

2º tempo

Sem nenhuma alteração para o segundo tempo, o empate acelerou o jogo na Arena Joinville. Apesar do crescimento da equipe Alvinegra, o Joinville permanecia com grande presença ofensiva.

Entre uma sequência de sustos e de belas defesas, o Operário foi ficando efetivo na transição para o ataque. Aos 13 minutos, Xuxa fez um bom passe, Erick recebeu, limpou a marcação e chutou forte. A bola até explodiu na defesa adversária, mas sem desistir o jogador finalizou pela segunda fez, balançando as redes para o time ponta-grossense.

O clima esquentou no gramado aos 20 minutos. O técnico Márcio Fernandes fez substituições, colocando dois atacantes em campo. Ao mesmo tempo, Rafinha deu lugar à Quirino no elenco Alvinegro.

No embalo, os visitantes foram para cima. Em escanteio cobrado por Xuxa, Peixoto cabeceou na área e fez o terceiro aos 25 minutos. Mas instantes depois, o camisa 6 foi expulso pelo segundo cartão, exigindo inteligência no jogo do Fantasma para administrar a vantagem.  

Com um a menos, Gersinho sacou Xuxa e colocou Romano, para cobrir a função de Peixoto. Em minutos, o Joinville tentou apareceu várias vezes, mas a defesa do time de Vila Oficinas conseguia afastar.

Enquanto a última tentativa do time do Joinville foi investir em um atacante, o Operário colocou mais um homem na defesa ao tirar Bruno Batata. Assim, manteve o resultado até o fim da partida: 3 a 1 para o Alvinegro.

Próxima rodada

O Operário entra em campo pela 14ª rodada da Série C do Brasileiro no próximo sábado (14), quando visita o Tombense, na cidade de Tombos, em Minas Gerais. O confronto será no Estádio Antônio Guimarães de Almeida, às 15h30.

FICHA TÉCNICA

Operário: Simão; Léo, Alisson, Rodrigo e Peixoto; Chicão, Erick e Xuxa (Romano); Robinho, Bruno Batata (Raphael Soares) e Rafinha (Quirino). Técnico: Gerson Gusmão

Joinville: Matheus; Michel, Gualberto, André e Eduardo; Eduardo Person, Tiago Ulisses e Zotti (Marlyson); Breno (Madson), Jean Lucas (Janderson) e Grampola. Técnico: Márcio Fernandes.

Data/Horário: 08/07/2018 (domingo), às 16h

Local:  Arena Joinville, em Joinville (SC)

Público: 3.181 pessoas

Renda: 63.980 reais

Árbitro: Paulo Henrique de Melo Salmazio

Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz e Daiane Caroline Muniz dos Santos

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Ponta-Grossa/6373/Fantasma-vira-o-jogo-e-vence-o-Joinville-em-partida-eletrizante" data-text="Fantasma vira o jogo e vence o Joinville em partida eletrizante">
PublicidadeNEC