PublicidadeNEC

Atletas cegos e de baixa visão treinam com a Apadevi para competições do ano

Sem medir esforços, equipe já pensa no primeiro campeonato de 2019, em abril

Por: Raylane Martins em 25/02/2019 06:48:06 atualizado em 25/02/2019 06:48:17

Atletas cegos e de baixa visão treinam com a Apadevi para competições do ano

Equipe de atletismo da Apadevi possui atletas que se destacam nas competições da modalidade entre cegos - Foto: Arquivo Pessoal

Atletas cegos e de baixa visão treinam com a Apadevi para competições do ano

Os alunos do atletismo da Associação de Pais e Amigos do Deficiente Visual (Apadevi) já possuem três competições agendadas para este ano. Atletas cegos e de baixa visão vão disputar o Circuito Caixa Etapa Rio/Sul, em abril; o Parajap's, em junho; e o Campeonato Paranaense, ainda sem data definida. A Associação já abriu os treinamentos desta temporada e a equipe está empenhada.

A Apadevi é uma ONG que existe em Ponta Grossa desde 1985 e trabalha com cerca de 200 pessoas na sede física. O esporte é uma das áreas utilizadas para o atendimento, amparo e desenvolvimento dos deficientes visuais na institução multidisciplinar.

Conforme o planejamento traçado pelo professor Wanderley Meira Junior, os corredores treinam com o objetivo de conquistar a classificação para a 1ª etapa do Campeonato Nacional - que depende do desempenho no Circuito Caixa. "Nossos atletas estão com grandes marcas nos treinamentos e possivelmente conseguirão alcançar o índice necessário", acredita o comandante.

Wanderley conheceu a Apadevi em 2015, inscrito como atleta-guia para auxiliar os corredores nas provas de campo. Em processo de graduação no curso de Educação Física, ele foi se identificando cada vez mais com o trabalho até que fosse contratado como técnico e responsável pela equipe, além de manter a função de atleta-guia.

“A sensação de trabalhar com esse pessoal é maravilhosa. Saber que estou auxiliando eles para uma vida mais independente e saudável é muito gratificante. Muitos dos atletas encontraram no esporte uma forma nova de ver a vida. Eles sabem que, mesmo com a deficiência, são capazes sim de praticar um esporte de alto rendimento", testemunha o professor.

Os treinamentos da Apadevi acontecem na própria sede da instituição, em academias parceiras e na pista de atletismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). A situação do espaço, que aguarda por reformas há cerca de 8 anos, preocupa a equipe. "Utilizamos a pista da UEPG para trabalhos de correção e melhoria da parte técnica, mas a pista se encontra precária, principalmente para nossos atletas que são deficientes visuais", frisa Wanderley.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Ponta-Grossa/7501/atletas-cegos-e-de-baixa-visao-treinam-atraves-da-apadevi-para-competicoes-de-2019" data-text="Atletas cegos e de baixa visão treinam com a Apadevi para competições do ano">
PublicidadeNEC