PublicidadeNEC

Ciclista de PG conquista primeiro lugar no 5° Desafio da Serra da Graciosa

Talita Oliveira garantiu o ponto mais alto do pódio na categoria Geral Speed

Por: João Guilherme Castro, com supervisão em 21/05/2019 07:29:25 atualizado em 21/05/2019 07:29:43

Ciclista de PG conquista primeiro lugar no 5° Desafio da Serra da Graciosa

A ciclista Talita Oliveira (foto) disputou no fim de semana o 5° desafio da Serra da Graciosa, onde conquistou o primeiro lugar - Foto: Divulgação

Ciclista de PG conquista primeiro lugar no 5° Desafio da Serra da Graciosa
PublicidadeNEC

A ciclista ponta-grossense Talita Oliveira alcançou a medalha de ouro no 5° desafio de ciclismo da Serra da Graciosa. Com o melhor tempo na categoria Geral Speed, Talita trouxe para Ponta Grossa mais uma conquista. O desafio vale para o Campeonato Paranaense de Montanhas.

Para a ciclista as condições climáticas da serra influenciaram no andamento da competição. “Fiquei muito contente. Apesar do clima não ter ajudado, muito frio e chuva dificultaram, me senti bem e meus dados foram bons. Fiquei bem feliz”, aponta.

Além de Talita, outros dois atletas ponta-grossenses foram destaques na competição. Emanuelle Broniski conquistou o segundo lugar na categoria e Luiz Gabriel Assunção ficou com o primeiro lugar Geral Speed. Luiz corre pela equipe da Prefeitura de Maringá, mas é ponta-grossense.

Carreira no esporte

Talita Oliveira começou no ciclismo aos 12 anos de idade, em Ponta Grossa, sob influência do pai, que pedala apenas por lazer. Logo aos 14 anos a atleta iniciou as competições a nível regional e estadual. Foi quando iniciou os treinos com o técnico Mauro Paes, que continuam juntos até hoje.

Em 2018 Talita foi convocada para a Seleção Brasileira de Ciclismo Elite. Participou de dois torneios internacionais. O Campeonato Pan-americano (na Argentina) e os Jogos Sul-Americanos (na Colômbia). “Pude ver o nível das atletas e sentir na pele o quão é difícil o nosso esporte”, destaca Talita.

A atleta é bicampeã do ranking nacional de ciclismo e todo ano o foco é o Campeonato Brasileiro de Estrada. “Mesmo preparada, sem dúvida, é o mais difícil, pois não há atletas sem preparo para competir lá, então o nível é bem alto”, explica Talita.

Além da dupla conquista nacional, Talita também possui no currículo os títulos de campeã dos Jogos Escolares (etapas estadual e nacional), campeã dos Jogos da Juventude, campeã brasileira de pista, mais de 10 títulos paranaenses, campeã dos Jogos Abertos do Paraná (categorias de estrada e contra o relógio) e terceiro lugar no campeonato brasileiro de estrada 2018.

Desafios

Além de atleta de ciclismo, Talita Oliveira é acadêmica de Bacharelado em Educação Física na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). O curso é em período integral e a rotina dos estudos influencia na sua rotina de treinos. “Toda brecha de aulas eu saio para treinar”, explica.

Os treinos são quase todos os dias da semana. Talita intercala entre pedalada e treino funcional na academia. “Corro para casa, troco de roupa e saio. Eu treino seis vezes na semana e alguns dias faço duas vezes colocando um funcional ou academia junto. Em média duas horas por dia de treino e, no fim de semana, de 3 a 4 horas”, conta Talita.

Com o calendário semanal preenchido por atividades acadêmicas e treinos, a atleta começou a sentir o desgaste físico e mental. “Não é fácil ser uma atleta de alto rendimento e estudar. Sinto na pele a fadiga mental e física, mas isso não me desanima em relação aos meus objetivos".

Talita conclui o curso ao final deste ano e espera no ano que vem conseguir focar mais nos treinos. “Pretendo me dedicar mais ao ciclismo ano que vem, foi bem puxado esses 4 anos, mas eu queria muito uma formação então lutei até o fim. Pro próximo ano é focar nos treinos e ter os descansos necessários”, salienta.

Objetivo

Talita tem um desejo. Assim como qualquer atleta, espera conseguir uma vaga na equipe que disputará as Olimpíadas. Ela não está muito longe, já que conseguiu a convocação para a seleção brasileira em 2018. “A convocação foi um sonho, eu amei. Foi uma das melhores coisas que já me aconteceu na carreira. Meu sonho e principal objetivo de vida são as Olimpíadas, nessa de 2020 acredito que ainda não, mas para a próxima meu foco será total para uma vaga”, aponta.

Talita tem mais competições em 2019, mas a principal será no mês de junho. No dia 27 ela vai até a cidade de Paulínia (SP) para disputar o Campeonato Brasileiro. A preparação segue intensa. “Foco total. Esse é nosso objetivo, treinos todos os dias para obter bons resultados”, finaliza.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Ponta-Grossa/8006/ciclista-de-pg-conquista-primeiro-lugar-no-desafio-da-serra-da-graciosa" data-text="Ciclista de PG conquista primeiro lugar no 5° Desafio da Serra da Graciosa">