PublicidadeNEC

Garoto ponta-grossense disputa torneio mundial de Pokémon nos EUA

O mundial de Pokémon que acontece este ano na capital estadunidense reúne mais de 600 jogadores do mundo todo no primeiro dia da competição

Por: Julio César Prado, com supervisão em 13/08/2019 16:46:46 atualizado em 13/08/2019 16:46:49

PublicidadeNEC

Nesta quinta-feira (15), acontece o 16º World Championships 2019, um torneio para praticantes de jogos Pokémon. O mundial que será realizado em Washington nos Estados Unidos, recebe milhares de jogadores, entre eles, um jogador de Ponta Grossa, Otávio Gouveia, 17, um dos melhores classificados nas Américas.

Otávio despertou o interesse pelo universo Pokémon desde cedo, durante a infância conheceu alguns animes japoneses e dentre eles, se apaixonou pela franquia Pokémon. Logo, descobriu que a franquia tinha algumas modalidades de jogos e então decidiu começar a praticar uma das modalidades, o TCG (Trading Card Game).

Sempre na companhia do pai, Ruimar Gouveia, que além de incentivador, promove e transmite os eventos que o filho participa, Otávio já visitou inúmeros estados brasileiros e alguns países como a Austrália e o Estados Unidos para competir entre os melhores jogadores do mundo. Além disso, já recebeu prêmios em dinheiro.

Dentre os torneios que Otávio conquistou ao longo de dez anos como praticante, estão campeonatos regionais, um título de campeão nacional e um título intercontinental. Para este mundial, Otávio acredita que tem condições de competir de igual para igual com os melhores do ranking.

"Venho me preparando há alguns meses, competindo com jogadores de alto nível. Eu jogo há dez anos e já participei de outros mundiais, acho que este ano posso chegar nas finais com chances". Otávio ocupa a 22ª colocação no ranking mundial.

Hoje, Otávio está no ensino médio e faz o curso técnico de engenharia de produção, ele estuda no período da manhã e pela tarde treina na plataforma digital do jogo em casa. Ele busca conciliar estudo e competições para não afetar na sua rotina escolar.

A COMPETIÇÃO MUNDIAL

O torneio ocorre em três dias de competição com quatro categorias derivadas da franquia Pokemón: Pokémon TCG (Trading Card Game), VGC (Vídeo Game Card), Pokkén Tournament Player e Pokémon GO (jogo de aplicativo incluído neste ano no mundial).

Otávio participa da categoria TCG que consiste no duelo de três partidas entre dois jogadores e seus baralhos (físicos), onde o jogador precisa conquistar seis prêmios por partida num período de 50 minutos para conseguir vencer o jogo.

Após à fase classificatória do primeiro dia, os atletas vencedores enfrentam os oitos melhores jogadores do continente, que passaram direto para a segunda fase devido as eliminatórias antes da competição. No terceiro dia acontecem as finais de cada categoria.

Os prêmios são estipulados conforme a categoria, na categoria TCG, que Otávio integra, a premiação é de um kit de artigos do Pokémon e 25 mil dólares.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Ponta-Grossa/8452/garoto-ponta-grossense-sera-um-dos-competidores-do-campeonato-mundial-de-pokemon-que-acontece-nos-eua" data-text="Garoto ponta-grossense disputa torneio mundial de Pokémon nos EUA">