Torneio em homenagem a ex-atleta Siboney Pedroso alcança a sexta edição

Jogadoras veteranas de Basquete promovem o torneio em Ponta Grossa

Torneio em homenagem a ex-atleta Siboney Pedroso alcança a sexta edição

Equipe do Veteranas Basquete Ponta Grossa com a ex-jogadora e homenageada do Torneio Siboney Guzzo Pedroso em 2018 – Foto: Divulgação

Dos dias 4 a 6 de outubro, no Ginásio Borell du Vernay, ocorre o VI Troféu Siboney Guzzo Pedroso. O torneio reúne jogadoras veteranas de Basquete que jogam pelos campeonatos Máster no estado do Paraná e até mesmo pela seleção brasileira Máster.

O nome do troféu é uma homenagem em vida para a ex-atleta ponta-grossense Siboney Guzzo Pedroso, que atuou pela seleção e defende a valorização do basquete feminino.

O torneio é uma iniciativa de jogadoras veteranas que decidiram divulgar e fortalecer o basquete feminino Master no Brasil. No Paraná, há sete anos a cidade de Ponta Grossa, Curitiba e Irati participavam do primeiro torneio estadual.

Na edição ponta-grossense deste ano, disputarão a competição os times: Mix Paraná, Foz e Veteranas Basquete Ponta Grossa (VBPG).

A diretora do VBPG e umas das organizadoras do Troféu, Rúbia Aguiar, comenta que as expectativas para o evento são as melhores.

“Mal podemos esperar por este evento. Nossa equipe tem várias jogadoras com contusões, mas estamos brigando pela força do Basquete Máster. O movimento Máster no Paraná tá sendo visto com bons olhos no Brasil inteiro. A categoria veterano feminino tem cinco torneios ao longo do ano, mais que o adulto profissional feminino em âmbito nacional. Então, vale ressaltar a importância deste torneio, pois temos a pretenção de estender para outras cidades”.

Os custos do campeonato são quase todos de responsabilidade das jogadoras. Neste ano, a Prefeitura decidiu contribuir com a premiação das atletas no fim do torneio. Para Rúbia, é preciso investir na visibilidade desta competição, visto que ex-jogadoras da seleção brasileira também participam.

“No torneio temos atletas que defenderam o Brasil, como a Mamá, Fernanda Bressan, eu e outras. Hoje, estamos na seleção Master e precisamos divulgar cada vez mais nossas iniciativas para melhorar o esporte”.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!