Com poucas novidades no elenco, Ponta Grossa Vôlei se prepara para a Superliga

Com as limitações financeiras, o time terá apenas cinco reforços na competição

Com poucas novidades no elenco, Ponta Grossa Vôlei se prepara para a Superliga

Decisão de participação na Superliga foi anunciada de última hora com a desistência do Botafogo - Foto: Lucas Mattos

Os problemas estruturais e financeiros do ex-Caramuru Vôlei fizeram com que o ‘novo time’ de vôlei de Ponta Grossa, o Ponta Grossa Vôlei, que nasce do próprio Caramuru, começasse a se preparar muito tarde para competir nesta temporada. Já no Paranaense, o início tardio foi um aspecto levado em conta pela equipe.

Depois de perder o título estadual para o Maringá e ficar com a prata do Paranaense, o Ponta Grossa Vôlei optou por assumir a vaga deixada pelo Botafogo na Superliga A. Com isso, é hora de dar início à preparação específica para a competição nacional. 

O Ponta Grossa Vôlei manteve 80% do elenco que disputou o Patanaense e fará somente cinco contratações. Com isso, a ideia é começar o campeonato com ‘pés no chão’, e dependendo do caminhar do projeto almejar objetivos maiores. 

"Vamos trazer cinco reforços pontuais, dentro da realidade, com orçamento modesto. O time vem se preparando com êxito, dentro de suas limitações. Demos três dias de folga aos atletas depois do Campeonato Patanaense e retornamos aos treinos com o máximo de foco possível para a nossa estreia”, afirma o técnico e diretor Fábio Sampaio. 

A preparação do time para a Superliga A vai até dia 16 de novembro, quando o Ponta Grossa Vôlei estreia contra o Taubaté, fora de casa. O plantel deve estar completo, já com as novidades, nesta segunda-feira (11).

Compartilhe essa notícia com seus amigos!