Ciclismo de Ponta Grossa acumula conquistas na temporada 2019

Liga Campos Gerais tem atletas como destaque no cenário estadual e nacional

Ciclismo de Ponta Grossa acumula conquistas na temporada 2019

Talita, Emanuelle e Walmir são algumas das forças do ciclismo regional; perspectiva é intensificar trabalho em 2020 - Imagem: Reprodução NEC

PublicidadeNEC

A Liga de Ciclismo Campos Gerais - que representa a região de Ponta Grossa na modalidade - fecha o ano em alta. A equipe acumula conquistas importantes no estado e em âmbito nacional, o que projeta otimismo para a sequência do trabalho.

O nome mais forte segue com Talita Oliveira. A jovem ponta-grossense termina a temporada como Campeã Brasileira de Estrada e CRI, além disso é tricampeã do Ranking Nacional de Estrada Sub-23 e tri do Ranking Estadual de Estrada Sub-23.

Mas há outros representantes em boa fase. Emanuelle Broniski Viximiczen foi campeã do Ranking Estadual de MTB-XCO (Categoria Juvenil Feminino), Walmir Bitar Junior conclui 2019 como 3º colocado do Ranking Estadual de Estrada (Categoria Elite Masculino) e  Lourival Paes Neto é o 3º colocado do Ranking Estadual de Estrada (Categoria Master A2).

CICLISMO DE PARTICIPAÇÃO

Lourival Paes Neto foi o destaque do ciclismo de participação da Liga de Ciclismo Campos Gerais. Ele participou de quatro das seis etapas que somaram pontos para o Ranking Estadual.

"Além de atleta, Lourival assumiu no ano de 2018 a vice-presidência da Liga, visando à adequação e à ampliação das equipes de ciclismo de participação para os próximos anos. Para 2020 esperamos conseguir elaborar um projeto exclusivo para esta categoria de atletas, pois eles têm objetivos e necessidades diferentes, mas nada modifica a necessidade de se filiar à Federação Estadual para alavancar a luta pelo ciclismo como um todo, seja como esporte, lazer ou mobilidade", ressalta Mauro Paes - diretor da LCCG.

CICLISMO DE FORMAÇÃO

"Em relação ao ciclismo de formação (até 18 anos) tivemos bons resultados em 2019 por meio da parceria com outros grupos de ciclismo da cidade que participaram de diversas provas regionais", enfatiza Mauro. Emanuelle Broniski Viximiczen - campeã do Ranking Paranaense da modalidade de MTB na prova de XCO - conquistou a medalha de prata na mesma prova (XCO) dos Jogos da Juventude do Paraná.

CICLISMO DE ALTO RENDIMENTO

Walmir Bitar Junior e Talita Oliveira são os protagonistas. "O 'Juninho' começou no ciclismo em meados de 2005, tendo atuado como ciclista em diversas equipes do Paraná e do interior de São Paulo, mas ficou um tempo distante devido a questões familiares. Aos poucos tem retornado ao alto rendimento. O ano de 2019 mostrou que ele possui características e condicionamento diferenciado no ciclismo", destaca Paes.

Para 2020, o planejamento é participar efetivamente das competições que somam pontos para o Ranking Nacional e também do Campeonato Brasileiro de Estrada. 

"O tricampeonato da Talita no Ranking Nacional conferem algo jamais conquistado por um ciclista ponta-grossense, seja homem ou mulher, ainda mais competindo por uma equipe sediada na cidade. Os resultados conquistados por ela permitem que vislumbre alcançar voos maiores, como conquistar uma medalha em competições continentais", projeta o diretor da Liga.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC