Instituto Vida e Prestes priorizam esporte e lazer para promover felicidade

Instituto Vida, da Construtora Prestes, planeja novas ações para 2020

Instituto Vida e Prestes priorizam esporte e lazer para promover felicidade

O Instituto Vida, da Prestes, é responsável por uma série de ações voltadas à cultura, ao esporte e a formação de crianças e jovens - Foto: Rafaela Martins

PublicidadeNEC

Aulas de tênis, aulas de judô, torneios, coral pra mais de 250 crianças, grupos de corrida, cursos de educação financeira e de empreendedorismo, eventos e palestras com temas voltados à qualidade de vida e felicidade: estas são algumas propostas do Instituto Vida e da Construtora Prestes para 2020. 

É por meio dos projetos sócio-educativos, esportivos e culturais que o Instituto Vida tem alcançado cada vez mais pessoas e transformado a vida principalmente de crianças e adolescentes. A filosofia do Instituto e da Construtora precisa ser levada em conta na elaboração de cada projeto, e é por isso que os condomínios da construtora tem cada vez mais espaços voltados à esporte e lazer, como academia, piscina, quadras, além das modalidades de tênis e judô com professores especializados. 

“O desenvolvimento de projetos capazes de promover a qualidade de vida dos moradores está ligado a filosofia da empresa que é de promover felicidade. Nossa missão de desenvolver comunidades felizes e gerar prosperidade faz com que pensemos de forma mais abrangente. Cada vez mais pesquisamos os desejos dos clientes e sabemos que espaços que possibilitem a prática de esportes no quintal de casa é uma delas”, explica Breno Prestes, presidente da Construtora.

Breno, através da Construtora Prestes, reconhece o esporte como formador e como instrumento para promover interação social e igualdade. 

“A intenção é que nossos projetos mostrem e sensibilizem para um olhar diferente para a sociedade, formando pessoas mais comprometidas, éticas e honestas. Em 2020, queremos continuar desenvolvendo as pessoas, principalmente crianças e adolescentes, seja por meio da cultura ou do esporte”, crava o diretor da construtora.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC