Série B terá limite para a troca de treinadores; Operário vota a favor

Equipes poderão ter no máximo 2 técnicos ao longo da competição

Série B terá limite para a troca de treinadores; Operário vota a favor

Operário votou a favor da medida proposta pela CBF - Foto: André Jonsson/OFEC

Assim como aprovado na Série A, o Campeonato Brasileiro Série B também passa a ter limite para a troca de treinadores pela primeira vez na história. Com a determinação, cada time só poderá trocar de técnico duas vezes ao longo da competição e cada profissional só poderá treinar no máximo duas equipes diferentes na mesma temporada. 

A decisão foi tomada em reunião por videoconferência com representantes das equipes e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), realizada nesta quinta-feira (25). Foram 18 votos favoráveis e 2 contrários. Operário e Coritiba votaram pela aprovação, enquanto o Londrina discordou. 

Caso a equipe realize as duas trocas de treinador, não pode ser realizada uma nova contratação. O comandante precisa ser um funcionário do clube com no mínimo seis meses de contrato. 

Na reunião, a CBF também anunciou a data de início da Série B 2021: 29 de maio e com previsão de final para 5 de dezembro. A  tabela dos jogos será divulgada em instantes. 
 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!