Jogadores de futebol podem ser testados para estudos do coronavírus

Ideia da CBF é que médicos dos clubes enviem dados ao Ministério da Saúde

Jogadores de futebol podem ser testados para estudos do coronavírus

Testagem através de jogadores e familiares contribuirá com as estatísticas - Foto: João Vitor Rezende

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pode contibuir com o Ministério da Saúde em uma estratégia de testagem da população. A ideia da CBF é que jogadores de 180 clubes do país, das séries A, B, C e D do masculino e de duas divisões do futebol feminino passem por exames junto com os familiares que moram na mesma residência. A notícia foi divulgada em primeira mão pelo jornalista Raphael Zarko. 

Atletas e seus familiares passariam pelos exames, com os kits adquiridos em laboratórios credenciados, para identificar o nível de infecção ou de imunização. Na sequência, a sugestão é que os médicos dos clubes preencham um formulário a ser anexado em um sistema interno próprio da CBF. Os dados serão repassados ao Ministério da Saúde.

Essa testagem permite, além de indicativos da propagação da doença, um estudo de setor, da base epidemiológica deste grupo específico.

O futebol brasileiro ainda não tem previsão de retorno e a possibilidade de partidas de futebol com torcida é ainda mais remota. A maioria dos clubes, como é o caso do Operário, está em férias coletivas até o dia 30 de abril. O presidente do Grupo Gestor do Fantasma, Álvaro Góes, disse que ainda nenhuma orientação oficial sobre a testagem de atletas chegou ao clube. 

  

Compartilhe essa notícia com seus amigos!