CBV confirma convite ao Caramuru para a Superliga Masculina 2020/21

Equipe pode ser a única do Paraná na competição nacional

CBV confirma convite ao Caramuru para a Superliga Masculina 2020/21

Caramuru atuou por dois anos na Arena Multiuso, mas com nomes diferentes - Foto: Arquivo/José Tramontin

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) divulgou a lista das equipes que cumpriram as exigências para inscrição na Superliga 2020/2021 Masculina e Feminina. A definição aconteceu após reuniões com os clubes, análise dos documentos e pagamento das incrições. Ao todo 24 equipes (12 de cada naipe) estão aptas para participar da edição 20/21. Entre elas está o Caramuru Vôlei, que atuou em Ponta Grossa nas duas últimas temporadas.

Apesar da presença do Caramuru na lista, não é certo que a cidade de Ponta Grossa estará na competição nacional. Dona da vaga, a Associação Caramuru pode optar por mudar de ares. No link abaixo, o colunista Felipe Gustavo, do NEC, aborda a situação.

Caramuru pode voltar à Superliga Masculina; Ponta Grossa não

No masculino - além do Caramuru - estão aptos Apan/Eleva/Blumenau (SC), Minas Tênis Clube (MG), Vôlei UM Itapetininga (SP), Montes Claros América Vôlei (MG), Sada Cruzeiro (MG), EMS Taubaté Funvic (SP), Sesi (SP), Azulim/Gabarito/Uberlândia (MG), Vedacit Vôlei Guarulhos (SP), Pacaembu Ribeirão (SP) e Vôlei Renata (SP).

Já no feminino, as 12 equipes que cumpriram as exigências foram Sesi Vôlei Bauru (SP), Brasília Vôlei (DF), Curitiba Vôlei (PR), Fluminense (RJ), Itambé/Minas (MG), Osasco/Audax/São Cristóvão Saúde (SP), Pinheiros (SP), Dentil/Praia Clube (MG), São José dos Pinhais (PR), Sesc RJ Flamengo (RJ), São Paulo/Barueri (SP) e São Caetano (SP).

* Com informações da Assessoria

Compartilhe essa notícia com seus amigos!